80 anos de Zé Celso, o mestre que batizou a SP Escola de Teatro

Publicado em: 30/03/2017

Zé Celso na aula magna da Escola, no Brás, em 2010. Fotos: Lucas Arantes/SP Escola de Teatro

 

O teatro brasileiro está em festa, nesta quinta-feira (30). O diretor Zé Celso Martinez Corrêa comemora 80 anos  59 deles dedicados à arte do palco. Fundador do Teatro Oficina e um dos maiores mestres do nosso teatro, Zé foi o artista convidado para ministrar a primeira aula da SP Escola de Teatro, no dia 20 de fevereiro de 2010. 

 
Neste dia de comemoração do aniversário de Zé Celso, amigo e parceiro da Escola, lembramos um dos momentos mais importantes da nossa trajetória: o dia em que demos nosso pontapé inicial tendo o diretor antropofágico como anfitrião, levando os aprendizes a um cortejo pelo bairro do Brás, onde fica a sede da Instituição. 
 
Na aula magna, uma espécie de “batismo antropofágico”, Zé propôs exercícios de aquecimento e de vivência, falou sobre o teatro nacional e realizou uma leitura do poema “Litania dos Pobres”, de Cruz e Souza, que foi repetido até virar um mantra. 
 
Durante a aula, o diretor falou sobre o teatro brasileiro, declamou poesia e fez uma cortejo pelo bairro 
 
 

 




Relacionadas:

Notícias | 19/ 01/ 2022

Rita Miranda e Laércio Motta, artistas egressos da SP, promovem espetáculo infantil digital e gratuito!

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 01/ 2022

Ator alemão comemora sucesso de sua oficina na SP e promove espetáculo exclusivo na sede Roosevelt da instituição

SAIBA MAIS

Notícias | 19/ 01/ 2022

100 anos da semana de 1922: Conheça ‘Samba’, considerada a obra mais importante de Di Cavalcanti

SAIBA MAIS