5 perguntas e respostas sobre o curso regular da SP Escola de Teatro

Publicado em: 12/09/2019

A SP Escola de Teatro está com inscrições abertas para novas turmas dos cursos regulares do primeiro semestre de 2020. E durante o período de inscrição, é comum que surjam dúvidas entre as candidatas e os candidatos que desejam participar da seleção. Por isso, preparamos esta listinha com cinco perguntas e respostas mais frequentes, que vão ajudar a quem está à procura de informações.

Lembrando que inscrições para o Processo Seletivo vão até as 17h de 1º de outubro, exclusivamente através do site www.institutomais.org.br. São oferecidas vagas nas áreas de Atuação, Cenografia e Figurino, Direção, Dramaturgia, Humor, Iluminação, Sonoplastia e Técnicas de Palco.

  • Não tenho experiência na área, mas posso fazer o curso regular mesmo assim?
    Com exceção do curso de Direção, que exige experiência teatral, todos os outros estão disponíveis aos interessados no estudo do teatro, sem a necessidade de uma formação e/ou experiência anterior.
  • Qual a idade mínima para quem quer fazer o curso regular?
    18 anos. Mas, eventualmente, são oferecidos cursos de extensão para menores.
  • Os cursos são gratuitos? E qual a duração deles? 
    A SP Escola de Teatro oferece oito cursos regulares nas áreas de Atuação, Cenografia e Figurino, Direção, Dramaturgia, Humor, Iluminação, Sonoplastia e Técnicas de Palco. Todos os cursos são gratuitos e têm duração de dois anos. Eles são divididos em quatro módulos (verde, amarelo, azul e vermelho).
  • Qual o horário das aulas? Onde são as aulas?
    A Escola tem turmas matutinas (de segunda a sexta, das 9h às 13h; com eventuais atividades aos sábados) e vespertinas (de segunda a sexta, das 14h30 às 18h30; com eventuais atividades aos sábados). À noite, apenas oferecemos cursos de extensão, de menor duração. Ah, as aulas são divididas entre as nossas unidades Brás e Roosevelt.
  • É possível tirar DRT ao final do curso regular?
    Sim. A Escola mantém um convênio com o Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversão de São Paulo (Sated-SP), e, através dele, o estudante, ao concluir o curso, pode solicitar o seu DRT. Exceto os que cursarem Dramaturgia, pois ainda não existe no País o registro da profissão do Dramaturgo.



Relacionadas:

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “É possível falar de masculinidade e feminilidade sem sermos binários?”, por Manfrin Manfrin

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “As cores da foto do menino no poste estão desaparecendo”, por Milena Siqueira

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2021

Oficina Olhares: “Se algo de fato existe, ele é feito de carne e sangra”, por Clara Prado

SAIBA MAIS