Curso online e gratuito | A Escrita de si

Publicado em: 28/07/2021

Objetivo
Estimular a criação literária através da provocação e desconstrução do que se define como escrita. Partir do corpo-experiência de cada aluno, fazendo-os acessar seus próprios buracos, anseios, crises, alegrias, medos, paixões, memórias e desmemórias a fim de construir um tipo de escrita em estado constante de maravilhamento e estranhamento perante à vida. Um tipo de escrita que se faz de dentro para fora e para além dos limites que acreditamos ter.

Orientadora: Letícia Bassit

Letícia Bassit é atriz-performer, escritora-dramaturga, diretora e arte-educadora. É formada pela Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo e graduada em Comunicação Social pela Fundação Cásper Líbero. Cursou também SP Escola de Teatro (curso de Direção 2011), Teatro Escola Macunaíma (2010 – 2011) e Escola de Atores Wolf Maya, primeira turma (2002 – 2005). Como escritora foi contemplada no PROAC Dramaturgia com o projeto “Mãe ou Eu também não gozei” publicado no ano de 2019 pela Editora Patuá. Como atriz e diretora, criou peça homônima com apresentações na SP Escola de Teatro, Teatro de Conteiner e SESC Pompéia. Fez parte do processo de pesquisa e criação da peça “Feminino Abjeto”, dirigido por Janaína Leite.
Também é criadora do experimento digital “Cabra que lambe sal” (direção de Nelson Baskerville).

Inscrições: 27 de julho a 8 de agosto

circle Quando: 17 de agosto a 21 de setembro 2021
Terças e quintas-feiras, das 19h às 22h
Local: Curso online via Zoom


INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

Letícia Bassit é atriz-performer, escritora-dramaturga, diretora e arte-educadora. É formada pela Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo e graduada em Comunicação Social pela Fundação Cásper Líbero. Cursou também SP Escola de Teatro (curso de Direção 2011), Teatro Escola Macunaíma (2010 – 2011) e Escola de Atores Wolf Maya, primeira turma (2002 – 2005). Como escritora foi contemplada no PROAC Dramaturgia com o projeto “Mãe ou Eu também não gozei” publicado no ano de 2019 pela Editora Patuá. Como atriz e diretora, criou peça homônima com apresentações na SP Escola de Teatro, Teatro de Conteiner e SESC Pompéia. Fez parte do processo de pesquisa e criação da peça “Feminino Abjeto”, dirigido por Janaína Leite.
Também é criadora do experimento digital “Cabra que lambe sal” (direção de Nelson Baskerville).

Público
Acima de 18 anos. Interessados em escrita, poesia, literatura, filosofia, teatro, música, performance, arte e vida. 40 vagas.

Seleção
Preencher ficha de inscrição com dados, carta de interesse e breve currículo

Cronograma das inscrições:
Inscrições: 27 de julho a 8 de agosto
Aprovados: 12 de agosto
Matrícula online: 13 de agosto