A atuação criativa com vistas à escrita para palco e outros lugares públicos

Publicado em: 13/02/2019

Abordagem prática da escrita teatral a partir dos conhecimentos práticos e experiências do ministrante. Estudos analíticos, teóricos e práticos de como um texto dramático se possa fixar no papel ou como escritura cênica de palco. Conhecer, ainda que brevemente, alguns contextos históricos da dramaturgia escrita e não no Ocidente, desde as cavernas até a sociedade pós industrial; treinar brevemente a leitura como instrumento a serviço da “gramatização” de imagens, textos, diálogos e poética da interação social humana. O foco principal é a constante e variada indagação sobre o espaço cênico, o espaço mental do ator e do espectador e a sua síntese e trabalho em nossa atualidade.

Orientador: Mauricio Paroni

circle

Quando: De 18 de março a 20 de maio de 2019

circle De 18 de março a 20 de maio de 2019
Segundas e quintas – Das 19h30 às 22h30
Local: Sede Roosevelt / Praça Roosevelt, 210 • Centro


INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

Mauricio Paroni

Depois de cursar a Faculdade de Direito, a ECA e a Filosofia da USP, residiu em Milão por quinze anos, onde diplomou-se na “Scuola D’Arte Drammatica ‘Piccolo Teatro’ di Milano”, hoje “Paolo Grassi”, onde foi professor residente de 1985 a 1999. Desde 1998, está artisticamente associado à companhia escocesa “Suspect Culture”; foi professor residente na Universidade Statale di Pavia em 1999 (Itália), da Volda Universitat, Noruega (2003) e da Royal Scottish Academy of Music and Drama (Glasgow, Escócia, 2002-3-4). Teve como professores, entre outros: Tadeusz Kantor, Thierry Salmon, Josef Svoboda, Eckhardt Schall, Martin Esslin, Iva Hutchison Formigoni, Enrico Job, Hubert Westkemper, Luca Ronconi, Massimo Castri, Vannio Vanni, Gigi Saccomandi, Ettore Capriolo, Lorenzo Arruga e Heiner Muller, com quem trabalhou como ator no espetáculo “Shakespeare Cocktail”, em 1988. Dirigiu mais de 30 espetáculos (por dez anos, foi diretor estável no Centro di Ricerca per il Teatro, de Milão) entre a Itália, o Reino Unido e o Brasil. Trabalhou em Portugal, Noruega e República Tcheca. Colaborou com o jornal “Folha de São Paulo”, com artigos sobre teatro, tendo entrevistado personalidades como Dario Fo e Giorgio Strehler, entre outros. Dirige e elabora dramaturgias. É co- roteirista do filme ‘Crime Delicado’, de Beto Brant. Ganhou com o roteiro e os prêmios da Academia brasileira de Letras, do Cinema Paulista do Sesi, do Festival de Cinema em Língua Portuguesa de Toronto, Canadá, de Cinema Brasileiro de Miami, entre outros.
Publicou, ainda, ‘Aqui Ninguém é Inocente’, pela Editora Alameda e Prefeitura da Cidade de São Paulo, livro sobre os métodos de dramaturgia empregados na parceria de sua companhia Atelier de Manufactura Suspeita e Ziza Brisola, Companhia Linhas Aéreas. Prêmios mais importantes: Academia brasileira de Letras, do Cinema Paulista do Sesi, do Festival de Cinema em Língua Portuguesa de Toronto, Canadá, de Cinema Brasileiro de Miami, Premio Il contemporaneo di miglior regia 1983, Milano.

Público
Acima de 18 anos, interessados em artes cênicas, atores, dramaturgos, professores e estudantes de artes de cênicas. Interessado em temas históricos. 35 vagas

Seleção
Preencher ficha de inscrição com dados, carta de interesse e breve currículo

Cronograma das inscrições:
Inscrições: 13 de fevereiro a 10 de março
Aprovados: 13 de março
Matrícula online: 14 de março

circle De 18 de março a 20 de maio de 2019
Segundas e quintas – Das 19h30 às 22h30
Local: Sede Roosevelt / Praça Roosevelt, 210 • Centro


 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.