Relatos do processo de criação da luz de “Roda Viva”, do Teatro Oficina

Publicado em: 10/10/2019

“Nunca tinha trabalhado com o Zé [Celso] e queria entrar e conseguir colocar minha ideia de luz para aquele espaço tão importante para a cultura e para o teatro na cidade de São Paulo. Meu desejo era, e continua sendo, olhar para o que a Cibele Forjaz fez nos anos que esteve ali, conversar com o Zé e entender o que é a luz no seu teatro.”

No Cadernos de Luz, o iluminador Guilherme Bonfanti relata o processo criativo de iluminação do espetáculo “Roda Viva”, com direção de Zé Celso, pelo Teatro Oficina.

Para ler o texto completo, clique aqui.

 

GUILHERME BONFANTI é iluminador e coordenador do curso de Iluminação da SP Escola de Teatro.

O espaço destinado aos Cadernos de Luz foi idealizado por Guilherme Bonfanti, coordenador do curso de Iluminação da Escola, que, motivado pela escassez de materiais teóricos na área, decidiu abrir terreno para reunir estudos e pensamentos sobre o tema.




 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign