A iluminação de ‘Dizer o que você não pensa… em línguas que você não fala’

Publicado em: 17/12/2014

FELIPE DEL
Especial para SP Escola de Teatro

O processo criativo da iluminação do espetáculo “Dire ce qu’on ne pense pas…dans deslangues qu’on ne parle pás” (“Dizer o que você não pensa… em línguas que você não fala”), do Teatro da Vertigem, é relatado em um artigo de Guilherme Bonfanti, que assina a luz da montagem.

O texto acaba de entrar no Cadernos de Luz, espaço reservado à reflexão sobre a iluminação, aqui no portal da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco. Leia aqui.

A peça foi apresentada durante o primeiro semestre de 2014, numa coprodução do Festival de Avignhon e do Teatro Nacional Bruxelas, com a participação do Teatro da Vertigem, sob direção de Antônio Araújo e com texto de Bernardo Carvalho.

No artigo, Bonfanti registra cada etapa do processo criativo, desde as articulações prévias para sua realização até o dia da estreia. “Guilherme é generoso em não esconder nada, em deixar claro que, mesmo com sua longa trajetória como Light Designer, seus processos de trabalho junto ao Teatro da Vertigem seguem sendo um espaço de aprendizado e de descoberta”, escreve na introdução Francisco Turbiani, responsável pela revisão e diagramação do documento.

Para ler outros artigos do “Cadernos de Luz”, clique aqui.

 

O espaço destinado aos Cadernos de Luz foi idealizado por Guilherme Bonfanti, coordenador do curso de Iluminação da Escola, que, motivado pela escassez de materiais teóricos na área, decidiu abrir terreno para reunir estudos e pensamentos sobre o tema.