Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

Estrela que faz história nos musicais, Letícia Soares brilha cantando Ella Fitzgerald na SP Escola de Teatro

Publicado em: 15/07/2022

A estrela dos musicais Letícia Soares vem fazendo história no teatro brasileiro – Foto: Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Letícia Soares fez e segue fazendo história nos teatro musical brasileiro e é a convidada para inaugurar o mais novo projeto da Extensão Cultural da SP Escola de Teatro, o SP Música, com o show Tributo Ella Fitzgerald.

Ao protagonizar o icônico musical A Cor Púrpura, como a sofrida Celie, papel vivido por Whoopi Goldberg nos cinemas, ela conquistou os principais prêmios de teatro do Brasil, na categoria Melhor Atriz, entre eles o Prêmio Arcanjo de Cultura e o Prêmio Bibi Ferreira, em São Paulo, e Prêmio Cesgranrio e Prêmio APTR, no Rio de Janeiro. A superprodução foi aplaudida e incensada pela crítica em São Paulo, Rio e nas principais cidades brasileiras.

Artista inquieta, Letícia logo emendou a produção no estilo off-Broadway Azáfama, Substantivo Feminino, em cartaz às terças e quartas, às 20h30, na Sala Alberto Guzik da SP Escola de Teatro da Praça Franklin Roosevelt, 210. E é neste mesmo endereço que a atriz e cantora brilha em Letícia Soares – Tributo Ella Fitzgerald, no qual navega com sensibilidade e rara afinação única pelo difícil e consagrador repertório da diva do jazz dos Estados Unidos.

Letícia transita com propriedade por canções lendárias como Nigth and Day, Dream a Little Dream of Me, Cry me a River e Summertime, não deixando também de colocar no repertório canções brasileiras gravadas por Ella, como Garota de Ipanema, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, lembrando que o Brasil é terra da melhor música do mundo e de cantoras que entraram para a história mundial, como Elza Soares e Elis Regina.

A série de três shows abre o projeto SP Música, que busca dar voz e espaço a novos talentos da cena musical, sob curadoria do jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado, idealização de Ivam Cabral e produção executiva de Rodrigo Barros e assistência de David Godoi. Já a produção do show é da Mi Bemol Produções de Lucas Silverio, com direção musical de Tony Lucchesi, luz de Vini Hideki, direção geral e roteiro de Letícia Soares, e os virtuosos músicos Thito Neves, Thiago Tognoli, Beatriz Lima, Yara Oliveira e Ulysses Sebastião, em total sintonia com a artista no palco.

Ainda há duas apresentações, nesta sexta, 15, e sábado, 16 de julho, sempre às 20h30, com ingressos disponíveis para retirada na Sympla.

Não deixe de prestigiar e aplaudir esta grande estrela chamada Letícia Soares!

SP MÚSICA: Letícia Soares – Tributo Ella Fitzgerald
14,15 e 16/07/2022, sempre às 20h30, duração de 75 minutos, na SP Escola de Teatro (Praça Franklin Roosevelt, 210, Centro, SP). Retire seu ingresso!

*Miguel Arcanjo Prado é Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro. Jornalista formado pela UFMG, é especialista em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e mestre em Artes pela UNESP. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo de Cultura, além de fazer o Podcast do Arcanjo. @miguel.arcanjo