Reflexões sobre design cênico e sobre a performatividade da luz em ‘Disparis’ nos Cadernos de Luz

Publicado em: 25/06/2014

NADIA MOROZ LUCIANI
Especial para SP Escola de Teatro

Design cênico: um caminho possível para a criação da luz e a formação do iluminador” e “A performatividade da luz no espetáculo teatral ‘Disparis’” são os temas abordados pela professora e iluminadora Nadia Moroz Luciani nos dois novos artigos que entram hoje (25) para os Cadernos de Luz, espaço reservado à reflexão sobre a iluminação, no portal da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.

No primeiro, a autora argumenta “a favor do design como método de criação e processo para o ensino da iluminação cênica através de recentes encontros literários com alguns pesquisadores que compartilham e endossam este ponto de vista”.

No outro, Nadia analisa o projeto de iluminação do espetáculo teatral “Disparis” sob o prisma do neófito conceito da Performatividade da Luz, desenvolvido pela autora como estudo da pesquisa de mestrado e apresentado ineditamente no último congresso da Abrace.

Para ler outros artigos do “Cadernos de Luz”, clique aqui.

 

Os Cadernos de Luz foram criados por Guilherme Bonfanti, coordenador do curso de Iluminação da SP Escola de Teatro, com a intenção de levantar material teórico para compreender a luz e estimular a reflexão de aspectos importantes da área.

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign