Nomes Difíceis Para Objetos Inúteis

Publicado em: 09/05/2019

A dramaturga Carol Pitzer, egressa do curso de Dramaturgia da SP Escola de Teatro, lança no dia 8 de maio, às 20h, a obra “Nomes difíceis para objetos inúteis”. O lançamento acontece na sede Roosevelt e contará com uma leitura do texto na íntegra. A peça foi escrita para o projeto [ABSURDAS], que teve residência na SP Escola de Teatro e estreou em fevereiro deste ano no Teatro Sérgio Cardoso.

“O processo começou com conversas com os atores em busca de uma temática em comum que nos interessasse discutir. A palavra apatia e a ideia de um mundo sem saída surgiram e decidi iniciar uma pesquisa sobre o Teatro do Absurdo. Me parecia que vivíamos em um momento parecido com aquele em que o Teatro do Absurdo surgiu, em que os sujeitos se colocavam em bolhas, incapazes de diálogo e com uma individualidade exacerbada”, explica a autora da obra.

A partir da imagem de burgueses numa cobertura, refletida em um aquário e em uma máquina de garras num parque de diversões, a peça procura explorar a impossibilidade de sobrevivência coletiva e individual no mundo contemporâneo.

circle

Onde: Sede Roosevelt. Praça Franklin Roosevelt, 210, Consolação

Quando: 8/05 (qua.), às 20h

Quanto: Gratuito