EN | ES

Monumento ao Prisioneiro Político Desconhecido

Publicado em: 03/11/2019

Foto: Tiago Rochetto

Um homem miserável escreve obstinadamente em um subterrâneo. Recorda seu desprezo pela sociedade e um embate com um antigo oficial militar. Outro homem, numa tarde de Corpus Christi, em plena década de 1930, decide infiltrar-se em uma procissão e provocá-la a fim de testar a reação da massa. E um terceiro homem, prisioneiro político, lamenta não ter conseguido concluir seu último livro enquanto aguarda o momento da sua execução.

“Monumento ao Prisioneiro Político Desconhecido” é a história de três encontros com o opressor. O primeiro inspirado no indivíduo recluso e solipsista de Fiódor Dostoiévski em “Notas do Subterrâneo”. O segundo motivado pelo relato de Flávio de Carvalho intitulado “Experiência nº 2”, que narra o caso real de seu enfrentamento diante de uma procissão. O terceiro, por fim, tem base em “O milagre secreto”, conto de Jorge Luis Borges presente em “Ficções”. Com excertos de Paulo Freire, o espetáculo é um convite para este embate e a sua superação em diferentes versões. Diferentes manifestações de um encontro que, inevitável, não poderá deixar o homem ileso.

Ficha técnica

Dramaturgia, direção e interpretação: Daniel Martins | Sonoplastia: Boris Moreno | Luz: Bruno Santos | Figurinos e cenários: Daniel Martins | Produção: Jéssica Souza e Giovanna Clara Pereira | Fotografias: Sté Gonçalves.

circle

Onde: Sala Alberto Guzik. Unidade Roosevelt (Praça Franklin Roosevelt, 210, Consolação.

Quando: Sex. e sáb., às 21h; dom., às 19h. Ensaio aberto (entrada gratuita): dias 18 e 21 de outubro. Temporada: de 25/10 a 3/11

Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Duração: 100 minutos

Quantidade de lugares: 60 lugares

Classificação: 16 anos