Artista egresso da SP ministra oficinas especiais de teatro em Petrópolis, no Rio

Laércio Mota

O estudante egresso da SP Escola de Teatro, Laércio Motta, foi contemplado pela Lei Aldir Blanc em sua cidade natal, Petrópolis, no Rio de Janeiro, e ministrará uma oficina gratuita de teatro para o público de todo o Brasil. Devido à pandemia de Covid-19, as aulas serão digitais.

O projeto se chama “Oficina prática de teatro – Perspectivas: o teatro petropolitano e o teatro paulistano.”
Segundo o artista, que é formado no curso de atuação, a metodologia desenvolvida para as aulas é baseada na pedagogia e nos módulos adotados na Instituição.

“Me sinto muito feliz em trazer aqui para Petrópolis o tanto que a SP Escola de Teatro e todas as outras experiências que eu tive na cidade de São Paulo me ensinaram. Essa formação revolucionou a minha arte. Principalmente a SP, que hoje vejo por meio desse projeto que é a espinha dorsal na minha formação teatral”, revelou Motta.

Ao longo do curso, colegas de profissão vão colaborar com Laércio, como Carol Pitzer, que estudou com ele na SP em 2015, e em 2020 foi artista docente convidada do curso de dramaturgia da escola.

Confira a seguir as informações da oficina e inscreva-se!

As inscrições estão abertas pelo e-mail: perspectivas.oficina@gmail.com

Quando: de 8 a 26 de fevereiro. Seg – Sexta, das 19h30 às 21h30. Em 3 momentos diferentes e podem ser feitos independentes:

de 8 a 12/02. Seg – Sexta, das 19h30 às 21h30 – Módulo dramático
de 15 a 19/02. Seg – Sexta, das 19h30 às 21h30 – Módulo narrativo
de 22 a 26/02. Seg – Sexta, das 19h30 às 21h30 – Módulo performativo

Lives: 02, 05, 13 e 20 de fevereiro.

Público alvo: Artistas e interessados (Não é necessário ter experiência artística).

Pré requisitos: ser maior de 18 anos; ter interesse e disponibilidade; ter acesso à internet.

Mais informações: perspectivas.oficina@gmail.com

Sobre o coordenador:

Laércio Motta trabalha como ator desde 2007. Começou a carreira na cidade de Petrópolis, principalmente junto ao grupo Teatro Circense Andança e também com outros grupos e diretores da cidade, entre eles Sylvio Costa Filho, Pita Cavalcanti, Paulo Marcos de Carvalho. É graduado em Psicologia pela Universidade Católica de Petrópolis. Em 2015, mudou-se para São Paulo para continuar sua pesquisa teatral. Formou-se em Atuação na SP Escola de Teatro, é estudante da Escola de Arte Dramática EAD-ECA-USP e participou do CPTzinho 2019, “Curso de Introdução ao Método do Ator” coordenado por Antunes Filho. Atualmente mora em Petrópolis e continua sua pesquisa como ator junto ao CPT – Centro de Pesquisa Teatral – no projeto Prét-a-porter e atua no espetáculo A Vida das Bonecas Vivas, de Dan Nakagawa.




Posts Archives

Artista egresso da SP ministra oficinas especiais de teatro em Petrópolis, no Rio

Posted on

O estudante egresso da SP Escola de Teatro, Laércio Motta, foi contemplado pela Lei Aldir Blanc em sua cidade natal, Petrópolis, no Rio de…

Read more