Cursos Regulares / ATUAçãO

O curso está voltado à formação de atores com ênfase no domínio e consciência da cena para que esse artista tanto dialogue com as orientações gerais da encenação, definidas pelo diretor e toda a equipe, como possa assumir a responsabilidade pelo desenvolvimento de seu processo criativo de forma independente em suas pesquisas e opções estéticas. O curso pretende estimular a consciência da função social do artista, a capacitação de seu corpo e voz para expressão bem como para a sensibilidade crítica do ator para o mundo contemporâneo. Trata-se de uma formação interdisciplinar com as outras artes do palco oferecidas pela Escola.


Kenia Dias

Coordenadora interina

Bacharel em Interpretação Teatral e mestre em Arte pela Universidade de Brasília. Desenvolve sua pesquisa como artista e pedagoga no campo da dança e do teatro. Corporalidade, teatralidade e composição são diretrizes de seu trabalho com foco nas dinâmicas do movimento e suas relações com a improvisação e direção de cena. Foi professora de dança e de teatro no curso livre do Galpão Cine Horto e no curso profissionalizante de dança e de teatro do Cefar-Palácio das Artes, ambos em Belo Horizonte. Foi professora de teoria e prática teatral do Departamento de Artes Cênicas da UnB e da pós-graduação da Faculdade de Artes Dulcina de Moraes.


Lucelia Sergio

Formadora interina

Formada pela Escola de Arte Dramática (USP, 2010) e em Licenciatura em Artes Cênicas na Faculdade Paulista de Artes (2011). É atriz, diretora, arte educadora e co-fundadora da companhia de teatro Os Crespos, na qual desenvolve pesquisas teatrais relacionadas à negritude, racismo e identidade. Esteve em elenco de espetáculo emblemáticos, como a adaptação do texto de Plínio Marcos, “Navalha na Carne Negra” (2018), com direção de José Fernando Peixoto de Azevedo.


Christian Landi

Formador interino

Graduado em Atuação pela Unirio. É ator, assistente de direção e preparador de elenco. Um dos fundadores do coletivo teatral carioca Imprecisa Companhia. Atuou em montagens como “Rock’n’Roll” (2008), de Tom Stoppard, direção de Felipe Vidal e Tato Consorti, e “Tudo é Permitido” (2005), de Daniela Pereira de Carvalho e dirigida por Tato Consorti. Assinou a dramaturgia e integrou elenco de “Tubarões” (2017), direção de Michel Blois. Tem experiência também em audiovisual, na série “Todxs Nós” (em fase de finalização), da HBO, com direção de Vera Egito e Daniel Ribeiro.

Cursos




 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign