Vídeo poético da Adaap homenageia Lucia Camargo, pioneira das artes no Brasil

Marcia Dailyn e Ivam Cabral na sede Brás da SP Escola de Teatro/ Foto: André Stefano

A jornalista e gestora cultural Lucia Camargo deixou sua marca na história das artes e do teatro no Brasil. Para homenageá-la, um ano após sua partida, em 20 de julho de 2020, a Adaap, associação que gere o projeto da SP Escola de Teatro, apresenta um vídeo em sua homenagem. O trabalho audiovisual ainda ressalta o selo Lucias, que celebra seu legado, criado em janeiro de 2021 com o lançamento do livro Teatro de Grupo na Cidade de São Paulo e Grande São Paulo.

A produção traz a prestigiada Companhia Base, especialista na criação e pesquisa de dança vertical integrada ao circo contemporâneo, cinema e o teatro, e também a atriz e bailarina Marcia Dailyn e o ator e dramaturgo Ivam Cabral, diretor executivo da SP Escola de Teatro. Todos tiveram trajetórias marcadas por Lucia Camargo.

Colaboradora da SP Escola de Teatro, Marcia foi a primeira bailarina trans do Theatro Municipal de São Paulo, na época em que Lucia Camargo dirigiu a instituição e a incentivou. Esse apoio na carreira artística também foi dado a Ivam Cabral. Ele e Lucia se conheceram ainda no Paraná, estado natal de ambos, no qual ela ofereceu-lhe uma bolsa de estudos em artes cênicas, iniciando assim uma parceria profissional de mais de 30 anos. Lucia também foi incentivadora do crescimento da Cia. Base, hoje internacionalmente conhecida.

Lucia Camargo/ Foto: Andre Stefano


Lucia Camargo era gestora cultural, professora, jornalista, crítica, curadora e jurada teatral. Ela coordenou o setor de Extensão Cultural e Projetos Especiais na SP Escola de Teatro. Também foi diretora de importantes instituições, como Teatro Guaíra, em Curitiba, onde foi ainda secretária municipal e estadual de Cultura; e o Palácio das Artes, em Belo Horizonte. Além disso, foi ainda secretária-adjunta de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e a primeira e única mulher na história a dirigir o Theatro Municipal de São Paulo.

O vídeo feito em parceria pelos departamentos de Extensão Cultural e Projetos Especiais e Comunicação da SP Escola de Teatro com a Cia Base traduz de forma poética a importância de Lucia para a cultura bem como da continuidade de seu legado. As gravações foram feitas no histórico prédio da sede Brás da escola, seguindo os protocolos da OMS.

Viva Lucia Camargo e o selo Lucias!

Confira a galeria e o vídeo!





Posts Archives

Vídeo poético da Adaap homenageia Lucia Camargo, pioneira das artes no Brasil

Posted on

A jornalista e gestora cultural Lucia Camargo deixou sua marca na história das artes e do teatro no Brasil. Para homenageá-la, um ano após…

Read more

Marcia Dailyn, 1ª bailarina trans do Municipal, celebra dia internacional da dança

Posted on

Nesta quinta-feira, 29, é celebrado o dia Internacional da Dança, uma das manifestações artísticas mais sensíveis e tocantes que existem. Para homenagear a data,…

Read more

As Mariposas, da Cia. Os Satyros, abre o 6º FestKaos em Cubatão

Posted on

Acontece nesta segunda-feira, 01, a abertura do 6º FestKaos, o Festival de Arte Criativa de Cubatão. O espetáculo que inicia o evento é As…

Read more

Primeira bailarina trans do Municipal, Marcia Dailyn lembra apoio de Lucia Camargo

Posted on

No aniversário de 456 anos da cidade de São Paulo, a SP Escola de Teatro, que comemora 10 anos de existência, lançou o livro…

Read more

Vida de diva trans histórica é exibida em peça grátis na SP TransVisão

Posted on

A 9ª SP TransVisão, evento organizado pela SP Escola de Teatro que celebra a visibilidade trans, exibe neste sábado (30/01), às 21h, o espetáculo…

Read more