O Ator no Centro do Palco

Publicado em: 14/06/2011

A primeira Roda de Conversa da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, realizada na segunda-feira (13/06), colocou em pauta o ator no centro do palco e pôs em andamento mais um projeto da Instituição: a Revista Alberto, publicação semestral voltada exclusivamente ao teatro.

 

Promover uma visão abrangente do ofício do ator, gerando uma discussão sobre a arte de representar foi a proposta da roda na qual, segundo Ivam Cabral, diretor executivo da Escola, depoimentos foram gravados e, transcritos, serão utilizados em uma seção homônima da revista.

 

Composto pelos atores e diretores Luiz Päetow e Luís Mármora e pelo diretor Francisco Medeiros, que também é coordenador do curso de Atuação da Escola, o encontro, mediado pela Professora Doutora Silvana Garcia, reuniu artistas, além de aprendizes e espectadores para um diálogo sobre a arte teatral.

 

Para Silvana, que também foi organizadora do debate, a escolha destes artistas surgiu porque eles representam três olhares diferentes sobre o ator, porém possuem trajetórias que se cruzam. “Com um fluxo poético e tortuoso de pensamentos, Päetow é um ator diferenciado, performer e autor de suas próprias obras, como poucos no teatro brasileiro; bem articulado ao revelar sua trajetória, Mármora trouxe sua experiência do teatro de grupo; e, mais centrado, Medeiros, mostrou sua experiência e longa trajetória como diretor de atores.”

 

Expectativas Alcançadas

 

Para Päetow, escolher, emblematicamente, o mote o ator no centro do palco foi uma ótima opção. “O ator é a célula essencial, é o anticorpo que vai levar adiante todos os questionamentos das edições seguintes.”

 

“Uma publicação voltada para o teatro, o que no Brasil, infelizmente, é muito raro e, ainda, com o aval e a estrutura da SP Escola de Teatro é praticamente um milagre, uma dádiva e, ao mesmo tempo, uma via crucis”, disse o performer, que revelou ainda se sentir orgulhoso por participar de um “momento tão especial”.

 

Mármora também afirmou estar muito honrado com o convite. “O papel de Silvana no registro e resgate da memória do teatro é fundamental e acredito que essa revista será um grande instrumento para documentar a memória do teatro.” 

 

“A noite foi muito produtiva e a plateia uma das mais atentas que já viu em minha vida”, conta Silvana, ao término da conversa. “Adorei o encontro. Tudo aconteceu exatamente de acordo com minhas expectativas”, concluiu.

 

Apaixonada pelo monólogo “Abracadabra”, escrito, dirigido e protagonizado por Päetow, logo que Rafaela Pavão viu o nome do performer no convite da Roda de Conversa, organizou sua agenda para participar do evento. Pablo Calazans, aprendiz de Direção, acompanhou Rafaela e relevou que o formador Brian Penido Ross abriu seus olhos em relação à proposta da Escola. “Um dia, Penido nos disse que devíamos ‘morar’ na Escola, segui seu conselho e não me arrependo: este tipo de encontro acrescenta à minha história de vida.”

 

“Só tenho a agradecer pelo convite e por conhecer os atores e diretores que fizeram parte da primeira reunião. Eu pude tirar dúvidas que não sabia ter! Não tenho palavras para definir o encontro, pois o tempo parecia não precisar acabar, já que minha atenção foi retida pela discussão do começo ao fim”, disse Alejandro Montalvão, que também acompanhou a conversa.  
   
 

A estudante de Artes Cênicas Bianca Gomes Landin diz sempre estar atenta à programação da Escola e, no momento em que viu a possibilidade de participar da Roda de Conversa, não pestanejou. “Acho muito interessante a proposta da SP Escola de Teatro de abrir espaço para a reflexão sobre o teatro em eventos abertos ao público. Desse encontro, levo muito bons comentários”, conclui.

 




O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign