Um Recital de Encerramento

Publicado em: 10/09/2012

A mezzo-soprano Regina Elena Mesquita conduz, desde 6 de agosto, um trabalho com os participantes do curso que orienta, “A Arte do Canto Lírico I”, promovido pela Extensão Cultural da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco. Para encerrar as atividades com chave de ouro, eles prepararam uma apresentação que será aberta ao público hoje (10), às 19h30, na sede Roosevelt da Instituição. A entrada é gratuita.

 

Serão cerca de dez recitais, cada um entoado por um participante do curso – lembrando que nem todos vão cantar. “É um encerramento para mostrar que a proposta foi aceita por todos. Alguns preferiram escolher a música a ser cantada; para outros, escolhi algo simples. O curso é uma introdução ao canto lírico, portanto, não trabalhamos nada muito avançado”, ressalta Regina. 

 

O curso, que durou pouco mais de um mês, com três aulas por semana, ofereceu aos participantes – cantores e atores com bom conhecimento musical – uma introdução ao estudo do canto lírico e repassou procedimentos técnicos apropriados para a utilização do aparelho respiratório durante a produção sonora.

 

A orientadora ficou satisfeita com o desempenho de seus pupilos e levanta a possibilidade de dar continuidade aos estudos desenvolvidos no próximo semestre, em um novo módulo. “Eles foram muito atenciosos, prestaram atenção enquanto os outros cantavam e procuraram fazer o melhor. Alguns até já alteraram a forma como cantavam no início. Aprenderam a controlar a força, pois a emissão tem de ser sempre suave”, destaca. 

 

Para Regina, outro grande trunfo do curso é o fato de dar chance tanto para cantores quanto para atores interessados no universo musical. Ela explica que o canto ajuda muito na atuação. “Procurei mostrar não apenas o lado fisiológico da respiração no canto, mas evidenciar a importância do controle emocional e psicológico”, observa.

 

Regina Elena Mesquita recebeu os prêmios da APCA em 1988 e 1992, como melhor solista vocal e, em 1996, o 1º Prêmio Carlos Gomes da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, entre outros. Apresenta-se com frequência junto às melhores orquestras sinfônicas do Brasil. Carmen (“Carmen”), Príncipe Orlovsky (“O Morcego”), Old Lady (“Candide”) e Baronesa de Champigny (“Chapéu de Palha de Firenze”) são algumas de suas grandes atuações nos palcos do Brasil e do exterior. Foi professora de canto erudito da Emesp/Tom Jobim e da Escola Municipal de Música do Theatro Municipal de São Paulo, além de ser a professora responsável pelo Ópera Estúdio do Festival Música nas Montanhas de Poços de Caldas (MG).

 

 

Serviço

Apresentação de encerramento do curso “A Arte do Canto Lírico I”

Quando: Hoje (10), às 19h30

Onde: Sede Roosevelt da SP Escola de Teatro

Praça Roosevelt, 210 – Consolação

Tel. (11) 2292-7988

Entrada franca

 

 

Texto: Felipe Del