Um Acervo de Palcos

Publicado em: 30/04/2013

Vamos viajar para 2.500 anos atrás. A tragédia “Antígona” foi escrita e encenada por volta de 442 a.C. Nela, o dramaturgo Sófocles narra a saga da filha de Édipo, que dá o nome à peça. Em uma das muitas versões, as irmãs Antígona e Ismene, nascidas da união de Édipo com a própria mãe, Jocasta, querem enterrar os dois irmãos Etéocles e Polinice. O rei decide sepultar o primeiro com honras e o segundo, acusado de traição, é proibido de ser velado. Antígona fica indignada e decide subverter a ordem, sob pena de morte. Ela rouba o cadáver, mas é descoberta e, como punição, é enterrada viva.
 
Agora, salte até junho do ano passado. No dia 23 daquele mês, os Parlapatões estrearam “Nóis Otário [s]”. Com texto e direção assinados por Hugo Possolo, a peça fala da corrupção no Brasil. A montagem faz uma reflexão sobre as mentiras e “promessas” feitas por políticos. No enredo, a personagem Luiz Carlos se mete em uma confusão com o senador Laudemar e seu assessor. Documentos importantes caíram em mãos erradas e um agente federal investiga o trio. E, claro, vai sobrar para o “otário” do Luiz Carlos. 
 
O que duas peças tão distintas têm em comum? Ambas estão no acervo da Biblioteca da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, segundo aponta o levantamento feito pelo aprendiz de dramaturgia e bolsista do programa Kairós Lucas Venturin. Ele acaba de descobrir que, ali, estão catalogadas mais de 1.100 obras, entre elas, “O Tartufo” e “O Misantropo”, de Moliére. Para conferir a lista completa, clique aqui.
 
A atividade de Lucas é uma contrapartida à Bolsa-Oportunidade, que ele recebe do Programa Kairós. O benefício é oferecido à metade dos 400 aprendizes matriculados nos Cursos Regulares da Escola, no valor de R$ 622 mensais.
 
Serviço:
Biblioteca SP Escola de Teatro
Sede Roosevelt
Horário de funcionamento: De segunda a sexta, das 8h30 às 18h; sábado, das 10h às 16h
Onde: Praça Roosevelt, 210 – Consolação
Tel.: (11) 3775-8600
 
Sede Brás
Horário de funcionamento: De segunda a sexta, das 8h30 às 18h; sábado, das 10h às 16h
Onde: Avenida Rangel Pestana, 2401 – Brás
Tel.: (11) 2292-7988

 

 

 

Texto: Leandro Nunes