SP Escola de Teatro sedia lançamento do livro “A arte mágica”, de Amleto Sartori e Donato Sartori

Publicado em: 29/11/2013

A SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco sedia, na terça-feira (3), o lançamento do livro “A arte mágica” (Editora É Realizações), de Amleto Sartori e Donato Sartori, que acontece às 19h, seguido da palestra “A máscara no mundo”, ministrada por Donato e Paola Piizi. O evento é gratuito e aberto ao público.

 

Elaborado sob a curadoria de Carmelo Alberti e Paola Piizzi, o livro reúne textos de autores tão díspares entre si quanto o antropólogo Claude Lévi-Strauss, o historiador Jean-Claude Schmitt, o diretor teatral Giorgio Strehler, os atores Jacques Lecoq e Jean-Louis Barrault, organizados de maneira a abordar a natureza da máscara e o papel social por ela desempenhado. 

 

A publicação também passeia pela história da máscara, buscando suas origens, narrando as lendas relacionadas a elas e contando as dificuldades da redescoberta do ofício do “mascareiro” (escultor de máscaras) e das técnicas de elaboração das máscaras. Ganham espaço, claro, testemunhos pessoais dos Sartori e de colaboradores próximos a eles, bem como descrições de como os longos anos de trabalho culminaram na criação do Museu Internacional da Máscara, em Abano Terme (Itália).

 

Todo esse conteúdo é acompanhado por fotos que documentam as diferentes etapas da pesquisa e das atividades do Centro Máscaras e Estruturas Gestuais e por um belíssimo catálogo de máscaras elaboradas pelos Sartori e sua arte mágica.

 

Sobre os autores

Amleto Sartori

Escultor dotado para o retrato, mas também modelador de argila e hábil na fusão em bronze, nasce em 1915 e desde os nove anos aprende as técnicas de entalhe de madeira na oficina de um escultor; aos dezesseis anos obtém o diploma de professor de arte e depois, em 1939, diploma-se na academia de Belas Artes de Veneza, especializando-se mais tarde em escultura em mármore na Academia de Florença. Vence concurso para o ensino na seção de artes plásticas e escultura em mármore da escola de arte Pietro Selvatico de Pádua. Em 1947-48 é chamado ao Ateneu pelo diretor do teatro universitário, o renomado diretor teatral Gianfranco De Bosio, para ensinar modelagem de máscaras teatrais no teatro universitário, aí encontrando Ludovico Zorzi, o mais eminente estudioso do grande comediógrafo da Pádua quinhentista: Angelo Beolco, chamado Ruzante; foi graças a ele que Amleto Sartori pôde se aprofundar nas máscaras pavane da tipologia ruzanteana. Neste período conhece o mímico francês Jacques Lecoq. Destes encontros brotam as ideias para elaborar as máscaras da Commedia dell’Arte e sobretudo as máscaras neutras que o tornaram famoso e inimitável pelo mundo todo.

 

Donato Sartori

Filho de Amleto, estuda arte em Veneza, mas é o aprendizado no ateliê paterno que molda sua dimensão de artista visual e o introduz no misterioso mundo da máscara teatral. Recebe do pai um oneroso bastão que determinará sua futura pesquisa e formação no âmbito das artes visuais, do teatro e do gesto. A partir dos anos 1960, prossegue a atividade do pai, colaborando com numerosos artistas, grupos teatrais e diretores famosos, como Giorgio Strehler, Jacques Lecoq, Jean-Louis Barrault, Eduardo de Filippo, e estendendo seu conhecimento a Dario Fo e Peter Oskarson, o qual irá chamá-lo à Suécia para dirigir um laboratório permanente (Maskenverkstaden), ali realizando seminários sobre a máscara teatral e conduzindo pesquisas históricas sobre máscaras medievais nórdicas junto com professores universitários, estudiosos e pesquisadores; a pesquisa e a produção de máscaras para a trilogia de Ésquilo, L’Orestea [Oréstia], dirigida por Oskarson, permitiram-lhe realizar viagens de estudo aos locais previstos para a pesquisa histórica e a encenação da obra grega: Índia, Moçambique, Grécia e locais da Magna Grécia para conhecer e experimentar ambientes, teatros e locais religiosos na obra referidos.

 

 

Serviço

Lançamento: Livro “A arte mágica”, de Amleto Sartori e Donato Sartori

Quando: Dia 3 de dezembro, a partir das 19h

Onde: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt

Praça Roosevelt, 210 – Consolação

Tel.: (11) 3775-8600

Grátis