SP Escola de Teatro abre inscrições para curso de Palhaçaria

Publicado em: 18/09/2014

Estão abertas, até 28 de setembro, as inscrições para mais um curso de circo oferecido pela SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco. “Palhaçaria II” será orientado pelos experientes palhaços Fernando Sampaio e Felipe de Oliveira.

 

O curso será promovido de 6 de outubro a 5 de novembro, com aulas de segunda e quarta, das 19h às 22h, na Sede Roosevelt da Escola. O objetivo é resgatar entradas e reprises clássicas de picadeiro, contribuindo para manter vivo este importantíssimo gênero da arte do palhaço. Dentro deste curso também serão trabalhadas acrobacias cômicas e comicidade musical.

 

(Foto: Arquivo SP Escola de Teatro)

 

As aulas são voltadas a estudantes de teatro e de circo com real interesse em praticar essas entradas clássicas de picadeiro, com experiência em outras oficinas de palhaços e que tenham uma disponibilidade corporal compatível com uma aula de acrobacia de solo.

 

As inscrições devem ser feitas online, aqui no portal.

 

Fernando Sampaio

Palhaço desde 1990, antes da formação do Grupo LaMínima, participou de diversos espetáculos com as mais diferentes Cias de São Paulo, como Nau de Icaros, Acrobático Fratelli, Pia Fraus Teatro, Parlapatões, XPTO, Banda Palhaçal e La Mínima. Como professor de Circo trabalhou nas principais escolas de Circo de São Paulo (Circo Escola Picadeiro, Acrobático Fratelli, Galpão do Circo).

 

Dentre seus trabalhos mais recentes destaca-se o espetáculo “A noite dos palhaços mudos” (2008), pelo qual recebeu 4 indicações ao Prêmio Shell e 6 indicações no Prêmio FEMSA 2008. Em 2009 recebeu o Prêmio Shell de Melhor Ator e o Prêmio Cooperativa Paulista de Teatro de Melhor Elenco por “A noite dos palhaços mudos”. Fernando Sampaio é também um dos fundadores do Circo Zanni, projeto que busca revitalizar a importância dos circos de pequeno e médio porte na vida cultural das cidades.

 

Felipe Ricardo de Oliveira

Artista circense há 19 anos, Felipe é formado por conceituadas escolas de circo do Brasil – Picadeiro Circo Escola (1996 – 2003) e Oz Academia aérea (2001-2005), onde aprendeu as seguintes disciplinas: acrobacia de solo, trampolim, trapézio de vôos, malabares e bambu. Ganhador do Prêmio da Villa de Massy – França.

 

Ganhador do Primeiro Lugar na Segunda Mostra Competitiva de Circo da Cidade de São Paulo com o número de Bambú, número desenvolvido com apoio do Proac 2010.