‘Se me chamasse liberdade’, exercício cênico dirigido por Johana Albuquerque, faz sessão na Escola

Publicado em: 25/11/2014

O exercício cênico “Se me chamasse liberdade”, dirigido por Johana Albuquerque, fará uma única apresentação na Sede Roosevelt da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco nesta quarta-feira (26), às 21h, com entrada gratuita.

 

Trata-se de uma versão livremente inspirada em “Liberdade, liberdade”, de Millôr Fernandes e Flávio Rangel, espetáculo ícone do teatro de resistência, que completa 50 anos em março de 2015. O exercício foi criado durante o curso de Extensão Cultural “Liberdade, liberdade”, orientado por Johana na Escola, de setembro a novembro.

 

 

O curso que gerou este resultado voltou-se ao aprimoramento da capacidade de criação, elaboração e improvisação de cenas, do exercício do “processo colaborativo” (o trabalho coletivo entre atores, direção e dramaturgia para a criação) e da elaboração deste material na construção de roteiros, narrativas e diálogos.

 

Os exercícios se deram em torno do tema da liberdade, dentro do contexto contemporâneo. As bases para a construção de cenas vieram da investigação em fontes documentais (biografias, fotos, filmes, sites, redes sociais, depoimentos e matérias jornalísticas) sobre fatos, acontecimentos, reflexões e inquietações em torno do tema da liberdade.

 

No elenco, estão Caio Insabrald, Gabriel Sousa, Giovanna Guadanholi, Jenifer Costa, Jhonas Araújo, Leonardo Valle, San Imenes, Simone Santana e Tatiana Ottoboni

 

Serviço

“Se me chamasse liberdade”

Quando: Dia 26/11, às 21h

Onde: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt

Praça Roosevelt, 210 – Consolação

Tel.: (11) 3775-8600

Grátis e aberto ao público

Relacionadas:

Uncategorised | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Uncategorised | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS