Roberta Estrela D’Alva lança livro sobre o teatro hip-hop

Publicado em: 25/11/2014

A atriz-MC, diretora, slammer e pesquisadora Roberta Estrela D’Alva, que também é artista residente da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, lança, hoje (25), seu livro “Teatro Hip-Hop: a performance poética do ator-MC” (176 págs., Ed. Perspectiva, Coleção Estudos 333, R$ 37). O evento de lançamento acontece na Fnac Pinheiros, às 19h.

 

Logo após o lançamento, haverá, ainda, uma festa comemorando a abertura do Sou Locker III Encontro Paulista de Locking, (o locking é um estilo de dança funk, precursor das danças urbanas), no Club Noir (Rua Augusta, 231 – Consolação), a partir das 22h30.

 

 

O livro focaliza o teatro hip-hop, apresentando-o por meio da figura do ator-MC, que de acordo com o livro é um “intérprete que traz na sua constituição elementos do ator-narrador do teatro épico e do mc (acrônimo para mestre de cerimônias), um dos pilares da cultura hip-hop”.

 

Esta cultura, também conhecida como “cultura de rua”, é uma das manifestações culturais mais potentes da contemporaneidade. Destacam-se nela o caráter inclusivo e libertário, a vocação política e proposições estéticas inovadoras. Na obra, Roberta aborda a fusão entre a cultura hip-hop e as artes cênicas. “Em seu encontro com as artes cênicas, suas características fundantes foram potencializadas e descobriram na narratividade do teatro épico novas possibilidades de expressão.”

 

No relato, a artista olha para o trabalho do coletivo paulistano Núcleo Bartolomeu de Depoimentos, fundado por ela própria, para perfilar “os processos que resultaram tanto na gênese dessa cultura, quanto na formação das bases desse gênero teatral, na sua atualidade cênica, além de desdobramentos e incursões do ator-MC pelo mundo do spoken word e o recente movimento dos poetry slams”.

 

A autora

A atriz-MC, diretora, slammer e pesquisadora nasceu em Diadema, São Paulo, e é bacharel em Artes Cênicas com habilitação em Interpretação pela USP e mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Membro fundadora do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos (primeira companhia de Teatro Hip-Hop do Brasil) e do coletivo Frente 3 de Fevereiro (coletivo transdisciplinar que desenvolve ações simbólicas, produção de livros, documentários e investigações colaborativas acerca do racismo na sociedade brasileira).

 

Idealizadora e slammaster do ZAP! Zona Autônoma da Palavra, primeiro poetry slam brasileiro, foi finalista da Copa do Mundo dessa modalidade em 2011, em Paris. Em 2012, recebeu o prêmio Shell na categoria Melhor Atriz por sua atuação no espetáculo “Orfeu Mestiço: uma hip-hópera brasileira”.

 

Serviço

Lançamento: “Teatro Hip-Hop: a performance poética do ator-MC”

Quando: Hoje (25/11), a partir das 19h

Onde: Fnac – Pinheiros

Endereço: Praça Dos Omaguás, 34 – Pinheiros

Preço do livro: R$ 37

Relacionadas:

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS