Profissionais da Coxia

Publicado em: 07/10/2011

O aprendizado técnico e instrumental para construção e montagens de cenários teatrais ou para televisão, cinema, eventos e espetáculos em geral é chamado de Técnicas de Palco. E a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco oferece um curso, inédito no Brasil, com duração de dois anos, que pode transformar você em um profissional dessa arte.

 

Se você tem 18 anos ou mais, já terminou o Ensino Médio, gosta de teatro, e não quer ser o centro da cena, mas sim colaborar com a beleza e sucesso do espetáculo, tem o perfil ideal para este curso, que abre inscrições nessa segunda-feira (10).

 

Coordenado por J.C. Serroni, um dos mais respeitados e premiados profissionais do setor, o curso capacita técnicos de palco que possam atuar na área, como cenotécnicos, aderecistas, maquinistas e diretores de cena (antigos contrarregras) que não assimilem somente a parte instrumental de sua área, adquirindo, também, uma perspectiva ampliada dos elementos que compõem um espetáculo.

 

Cenógrafo, figurinista e arquiteto especializado em espaços teatrais, J.C. Serroni foi um dos coordenadores do Departamento de Cenografia da Rádio e TV Cultura e, por mais de uma década, coordenou o Núcleo de Cenografia do CPT – Centro de Pesquisas Teatrais do Sesc/SP. Publicou o livro “Teatros do Brasil” e, agora, está trabalhando em seu próximo lançamento, a obra “História da Cenografia Brasileira”.  Atualmente, é o coordenador geral do Espaço Cenográfico de São Paulo, laboratório permanente de reflexão e pesquisa cenográfica.

 

Durante o curso, coordenadores, formadores e artistas convidados ensinam os aprendizes a atuar nos bastidores de um espetáculo, construir e movimentar cenários, cuidar dos adereços e dos objetos de cena, realizar efeitos, auxiliar atores e até costurar e pintar.

 

“Para se dar bem nesta carreira, não basta deixar a vaidade de lado, é preciso perseverança, curiosidade e rigor nas suas tarefas. Se, além disso, o candidato tiver habilidades manuais e com ferramentas, melhor ainda”, explica J. C. Serroni.

 

O Processo Seletivo consiste em uma prova escrita e eliminatória, entrevista e exercícios que avaliam disciplina, organização, capacidade de integração, improvisação e verificam se o candidato tem alguma habilidade especial ao realizar os exercícios manuais.

 

Ao término do curso, aprendizes formados podem exercer atividades ligadas às mais diversas áreas, como espetáculos, entretenimento, publicidade e até formação, atuando em teatro, cinema, televisão, publicidade, carnaval, shows, ópera, eventos, circo, dança, exposições ou realizando workshops e oficinas.

 

Gostou? Acesse o Edital e se inscreva para o Processo Seletivo.