Por uma nova Direção

Publicado em: 01/01/2010

Ivan Delmanto sabe que tem um longo percurso pela frente. Ele é o arte-educador da primeira turma de Direção da SP Escola de Teatro, que promete ser um dos melhores centros pensadores das Artes Cênicas no Brasil. Para enfrentar esse desafio, Ivan conta com apoio do ator, palhaço, diretor, dramaturgo e coordenador do curso, Hugo Possolo.

“Faltam poucos dias para o grande dia”, anuncia Ivan, se referindo ao início das aulas no próximo dia 20 de fevereiro. “Sabemos que cursos como o de Direção são muito raros, por isso é gratificante ser o arte-educador dessa estreia”, garante.

Ivan é diretor, dramaturgo e professor. Formou-se em Direção Teatral pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, em 2002. Trabalhou como dramaturgista no Teatro da Vertigem, uma das companhias mais inventivas do País. Hoje, é diretor e dramaturgo da II Trupe de Choque, grupo que formou em sua época de faculdade com amigos estudantes de diferentes áreas. “Reunimos alunos das áreas de teatro, artes plásticas e música para fundar a companhia”, afirma o arte-educador, que acredita que um trabalho inovador precisa ser composto por diferentes linguagens.  “Além disso, preferimos trabalhar com lugares abandonados, para dar sempre um novo sentido a esses espaços”, completa.

Desde setembro de 2009, seu grupo está com uma peça que se passa dentro de um hospital. O objetivo é chamar a atenção para o abandono da saúde mental e física dos doentes. O trabalho se chama “Corpos Acumulados” e se passa noHospital Pinel, em São Paulo. “Gosto de trabalhar a encenação em lugares não convencionais, incorporando o espaço para dentro da cena. A cada apresentação, temos uma surpresa”, disse.

Se todos estão na expectativa para o início das aulas, com Ivan isso não é diferente. “Estou ansioso para começar. Além de ter ideias, é preciso colocá-las em prática. Esse é o momento para isso”.