Peça ‘O lugar de onde se vê’ apresenta o fantástico universo teatral às crianças

Publicado em: 04/09/2014

O termo “O lugar de onde se vê” está na essência original da palavra grega “teatro”. Para aproximar as crianças do espaço onde há milênios a humanidade se reconhece, a Cia. Ouro Velho encena, sob este título, seu espetáculo inaugural.

 

Em cartaz no Teatro Leopoldo Fróes até 28 de setembro, a peça é assinada por  Paulo Marcos e Lara Hassum, aprendiz egressa do curso de Dramaturgia da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.

 

(Foto: André Marques)

 

O espetáculo apresenta a história da Eva, uma menina tristonha que por acaso entra num teatro abandonado, onde ainda vivem as musas da Tragédia, da Comédia e do Drama. O trio logo reconhece os sentimentos de Eva e resolve ajudá-la a voltar a ser feliz.

 

A principal arma das musas é a imaginação. Assim, conduzem a menina em uma aventura pelo universo do teatro, à procura da Princesa Aprisionada. No caminho, conhece e é auxiliada por personagens proeminentes da dramaturgia, como Hamlet, Cyrano e Arlequim, que cuidam de prepará-la para o derradeiro encontro consigo mesma.

 

No elenco estão Lara Hassum (Eva), Taís Luna (Comédia), Danilla Figueiredo (Tragédia) e Tássia Melo (Drama). Igor Sully, auxiliar de operação na SP Escola de Teatro, é responsável pelo desenho de luz, assim como pela operação.

 

A Cia. Ouro Velho foi fundada em 2012 e constitui-se como um centro de estudos da linguagem teatral.

 

Serviço

“O lugar de onde se vê”

Quando: Sábados e domingos, às 16h (até 28/9)

Onde: Teatro Leopoldo Fróes

Rua Antônio Bandeira, 114 – Santo Amaro

Tel.: (11) 5541-7057

Duração: 60 minutos

Classificação: Livre

Ingresso: R$ 10

 

Texto: Felipe Del