‘Paixoei – Diários da Floresta’ retrata universo dos índios Suruí-Paiter

Publicado em: 12/07/2016

Cena da peça “Paixoei – Diários da Floresta”. Foto: divulgação.

 

Inspirado pelos relatos da antropóloga Betty Mindlin, o Grupo Lux in Tenebris encena “Paixoei – Diários da Floresta”, no Teatro Commune. Com direção de Reinaldo Santiago, a montagem parte dos estudos da pesquisadora para introduzir o público,  sem estereótipos, à cultura da tribo Suruí-Paiter, que vive em Rondônia.

 

A trama narra a jornada de uma antropóloga que deixa sua família para procurar na floresta um povo quase esquecido, dono de uma mitologia viva e de costumes arcaicos. Ela testemunha o cerco da civilização branca sobre o território dessa tribo, que ainda não tinha contato com o homem branco.

 

A ideia é propor uma reflexão sobre a responsabilidade do “homem da cidade grande” diante da natureza e dos povos da floresta. Na língua dessa etnia indígena, a palavra “paixoei” significa “nossas almas”.

 

Para criar a peça, a trupe teve uma vivência com os índios Guarani das aldeias Krukutu e Tenondé Porã, na região de Parelheiros; Teko Pyau, no Jaraguá; Piaçaguera e Nhamandú Mirim, em Peruíbe; e Djaiko Aty, em Miracatu. Além disso, os artistas investigaram o Teatro Épico de Bertolt Brecht.

 

O elenco conta com a participação de Marcília Rosário, Carolina Santiago, Vanessa Carvalho, Paula Zaneti, Natalia Coutinho, George Passos, Paulo Barros e Márcio Tadeu, que já deu aulas no Curso Regular de Cenografia na SP Escola de Teatro.

 

Serviço
“Paixoei – Os Diários da Floresta”, do grupo Lux in Tenebris

Teatro Commune
Rua da Consolação, 1218, Consolação. (11) 3476-0792
Sáb., 21h, e Dom., 20h. Até 31/8.
R$40. 90 min. 12 anos.




Relacionadas:

Notícias | 21/ 01/ 2022

Agenda Cultural : As melhores dicas para o seu fim de semana

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 01/ 2022

Estudantes de humor da SP mergulham em curiosa e divertida experiência cênica audiovisual; confira!

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 01/ 2022

No mês da visibilidade trans, Coletiva Profanas, com o apoio do Satyros, promove espetáculo de transdramaturgia na casa de cultura do Butantã

SAIBA MAIS