O Teatro Toma Conta de Londrina

Publicado em: 10/06/2011

Transformando o norte do Paraná em grande palco das artes cênicas, o Festival Internacional de Londrina (Filo), começa hoje (10/06). O evento, que completa 43 anos, será realizado até o dia 26 de junho e coloca em cena 90 apresentações, entre elas, 12 espetáculos internacionais e 37 produções nacionais e locais.
 

Com uma programação que promete movimentar a cidade de Londrina, o Filo será levado não só às salas de espetáculos, mas, também, a praças, parques, campus da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e município vizinho de Cambé.
 

Durante os 17 dias, o evento, conta, ainda, com uma agenda de atividades formativas voltada a estudantes e profissionais da área, além de projetos socioculturais desenvolvidos na comunidade.
 

A companhia Ballet de Londrina fará a estreia nacional do espetáculo “A Sagração da Primavera”, com direção e coreografia de Leonardo Ramos, hoje (10/06), no Teatro Ouro Verde, às 20h30, para a abertura do festival.
 

O movimento brutal dos homens e da natureza no duelo cíclico entre vida e morte é a temática da montagem, que traz em seu enredo, uma virgem oferecida aos deuses em troca da fertilidade da terra. Pelo viés da crueldade e da violência, a coreografia relê, cem anos depois, a obra homônima de Stravinsky e Nijinsky que revolucionou a arte no século XX.
 

O Filo 2011, com direção geral de Luiz Bertipaglia, é uma realização da Associação dos Amigos da Educação e Cultura Norte do Paraná (Amen), UEL e Governo Federal/Ministério da Cultura.
 

Confira a programação aqui.