Novos Núcleos, Novas Ideias

Publicado em: 25/04/2011

Você sabe o que câmbio de livros, figurinos, cerimonial e lixo virtual têm a ver com a SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco? Tudo. Pois é com alternativas como essas que a equipe de funcionários da Escola busca estabelecer um ambiente mais saudável para todas as pessoas que visitam, estudam e trabalham na Instituição.

 

Essas ideias surgiram de uma provocação, feita em fevereiro deste ano, por Ivam Cabral, diretor executivo da Escola, na qual, tomando como ponto de partida os conceitos que estão no escopo do Projeto Político-Pedagógico da Escola, Cabral dividiu o grupo de funcionários da Instituição em núcleos intitulados Sustentabilidade, Pessoal, Pertencimento e Qualidade.

 

Na primeira fase do projeto, os núcleos estabeleceram metas como economia de água, papel e energia; ações que buscassem a integração de funcionários terceirizados; atividades que promovessem a noção de pertencimento e territorialidade no espaço físico da Escola e seu entorno; além da elaboração de manuais de prazos, estilos e formatação de documentos, com o intuito de aprimorar a qualidade e dinâmica administrativa da Escola.  

 

Assim, os corredores da Escola passaram a dividir seu espaço entre lixeiras para coleta seletiva e o Varal Dramático, ação que buscava estimular os novos aprendizes a se entrosar com a cultura da Escola; todas as faxineiras e seguranças, funcionários terceirizados, foram apresentados os aprendizes e formadores e passaram a integrar o quadro de aniversários e telefones da Instituição entre outras ações.       

 

Agora, a equipe de funcionários se propôs a criar novas ondas de incentivo a favor da cidadania e estímulo do trabalho coletivo e, na última semana, Cabral reuniu as gerências e assessorias administrativas, pedagógicas e de comunicação para estabelecer diferentes núcleos de trabalho que vão além das portas da Instituição e pretendem reverberar pelo entorno e, quem sabe, até, em outras instituições de ensino e empresas.