NME lança revista virtual bilíngue sobre a cultura eletroacústica

Publicado em: 19/05/2014

Uma revista virtual semanal que se propõe a debater a arte experimental e, especialmente, a cultura eletroacústica. Essa é a linda, criada em janeiro de 2014 e que funciona como parte do braço editoral do NME, um espaço itinerante de fomento da música experimental no estado de São Paulo.

 

Os textos, publicados às segundas-feiras, são produzidos por uma equipe de 12 músicos, pesquisadores, jornalistas, cineastas e midiálogos. Quinzenalmente, a lindaonline também traz relatos sobre a cena de música experimental nas capitais brasileiras. 

 

Agora, com a proposta de internacionalizar a produção eletroacústica brasileira contemporânea e colocar em perspectiva os debates sobre esta produção, o NME lançou, ontem (18), a primeira edição especial bilíngue e trimestral da revista. 

 

Com mais de 70 páginas, a publicação traz uma compilação das melhores discussões lançadas nos últimos três meses, além de dois textos inéditos. A linda é disponibilizada em PDF gratuitamente na página do projeto. A próxima edição bilíngue será publicada em 18 de agosto, celebrando os três anos das ações do NME.

 

 

“Publicar em inglês possibilita que não apenas a revista, mas também parte da cultura contemporânea brasileira esteja à disposição de muitas outras pessoas. Coloca em perspectiva aquilo que temos feito no Brasil. E somos muito otimistas quanto à posição que ocupamos dentro do campo das culturas contemporâneas no mundo, quantitativamente e, sobretudo, qualitativamente”, aponta Tiago de Mello, diretor executivo da linda e do NME, que também já ministrou cursos e aulas na SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.

 

Entre os destaques dessa edição inaugural, está uma conversa inédita com os suecos Eva Sidén e Jens Hedman, que formam um duo que se apresentou na Escola em abril. Na entrevista, feita por Sérgio Abdalla, vêm à tona temas como o machismo na música e o papel do compositor e da música de invenção em uma comparação da Suécia com o Brasil. 

 

NME

Antes chamado de Nova Música Eletroacústica, o NME é um espaço itinerante de fomento à música experimental. Atuante em diversos meios desde 2011, o coletivo sempre busca parcerias para levar a diversos públicos a experiência da música feita sobre suporte eletrônico, bem como para dar amparo aos compositores e performers – não apenas do ponto de vista financeiro, mas também de condições de produção e apresentação. Ao todo, já foram realizados mais de 60 concertos em 5 cidades diferentes. Foram lançados, ainda, mais de 10 títulos em CD, DVD e coletâneas online. Dirigido por Tiago de Mello, o grupo atualmente conta com aproximadamente 50 colaboradores ativos.

 

Texto: Felipe Del

Relacionadas:

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS