“Como mulher nordestina, me sinto muito representativa nas artes”, diz Marcélia Cartaxo

Publicado em: 06/02/2020

A atriz Marcélia Cartaxo, na unidade Brás da SP Escola de Teatro. Foto: Henrique Mello/SP Escola de Teatro

A atriz Marcélia Cartaxo participou da abertura do ano letivo da SP Escola de Teatro, no último sábado, em um bate-papo com os estudantes. No encontro, ela falou sobre sua trajetória nas artes cênicas brasileiras, com destaque para sua atuação premiada no cinema.

Nascida em Cajazeiras, interior da Paraíba, Marcélia tem seu currículo personagens marcantes, como Macabeia, no filme “A Hora da Estrela”, cuja atuação lhe rendeu o Urso de Prata no Festival de Berlim. Além disso, também tem sua trajetória artística interligada à indústria cinematográfica do Nordeste do Brasil, integrando elencos de obras como “Madame Satã”, “História da Eternidade”, “O Céu de Suely” e “Baixio das Bestas”.

Em entrevista ao canal do YouTube da SP Escola de Teatro, Marcélia Cartaxo falou de seu papel na história das artes nacionais, e o legado de personagens femininas com histórias difíceis.

Confira o vídeo:




Relacionadas:

Notícias | 27/ 11/ 2020

Artista egresso da SP Escola de Teatro vence categoria técnica no Prêmio Cenym

SAIBA MAIS

Notícias | 27/ 11/ 2020

O que é o teatro de rua?

SAIBA MAIS

Notícias | 25/ 11/ 2020

Nesta quinta, a Live SP Transvisão é sobre atrizes trans nas artes cênicas

SAIBA MAIS

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign