Juan Manuel Tellategui estreia filme “Agua dos Porcos” na Argentina

Publicado em: 31/07/2020

O ator Juan Manuel Tellategui estreia o filme “Agua dos Porcos”, dirigido por Roly Santos, na Argentina, sua terra natal. O longa fica disponível na plataforma de streaming Cine.Ar Play a partir desta sexta (31) por sete dias. O artista argentino concluiu o curso de Atuação da SP Escola de Teatro em 2013.

A produção do gênero neo-noir traz uma trama repleta de mistérios que acontece na região da Tríplice Fronteira, entre Brasil, Argentina e Paraná, onde um policial (o uruguaio Roberto Birindelli) investiga o tráfico de pessoas. O roteiro do thriller é do argentino Oscar Tabernise e se baseia em seu livro El Muertito. 

Coprodução Argentina-Brasil rodada no Paraná e em Misiones, o longa tem direção do argentino Roly Santos, direção de fotografia do brasileiro Vinni Gennaro e produção dos brasileiros Rubens Gennaro e Virginia Moraes, da Laz Audiovisual. No Brasil o filme se chamará “Águas Selvagens”, com estreia prevista para 2021, no pós-pandemia.

“Poder compor um personagem argentino novamente me conectou com lugares muito íntimos, como os que só o próprio idioma nos pode aproximar, desde um lugar subjetivo. Trabalhar com o diretor Roly Santos me conectou de novo com uma forma muito peculiar de contar histórias, como o faz o cinema argentino”, diz o ator, que vive em São Paulo desde 2011.

“Os produtores Rubens Gennaro y Virginia Moraes tiveram a sensibilidade de reunir um grupo de profissionais com experiências e trajetórias diversas com os quais compartilhei um grande intercâmbio artístico latino-americano”, afirma.

No filme, Tellategui dá vida ao jovem Fabián, misterioso funcionário do hotel onde se passa a história, na qual o jovem personagem desenvolve importante reviravolta.

Integram o elenco multinacional de “Agua dos Porcos” os uruguaios Roberto Birindelli e Néstor Núñez, os argentinos Juan Manuel Tellategui, Daniel Valenzuela, Mausi Martínez e Mario José Paz e os brasileiros Mayana Neiva, Allana Lopes, Luiz Guilherme, Leona Cavalli e Anastácia Custódio.

Também está disponível para ser visto gratuitamente no streaming da Cine.Ar outro filme argentino com Juan Manuel Tellategui no elenco: Pompeya, de Tamae Garateguy, vencedor do prêmio de Melhor Filme Argentino do Festival Internacional de Cinema de Mar Del Plata em 2010.

Veja o trailer:

 

Juan Manuel Tellategui nasceu em Zárate, Província de Buenos Aires, onde começou a atuar aos 15 anos. Aos 20, se mudou para a capital, Buenos Aires, onde estudou Atuação no UNA (Universidad Nacional de las Artes) e trabalhou no teatro e no cinema da Argentina.

O ator vive em São Paulo desde 2011. Em 2013, formou-se no curso de Atuação da SP Escola de Teatro. Em 2015, graduou-se Licenciado em Teatro pela Faculdade Paulista de Artes e em 2019 concluiu pós-graduação em Ensino de Filosofia e Artes.

Em Buenos Aires, o artista esteve no elenco de peças como Frágil, La Banalidad e Eventualmente, além de protagonizar longas premiados como Puto, Pompeya e Las Pistas.

No Brasil, esteve em montagens como Enquanto as Crianças Dormem (ganhadora do Prêmio Aplauso Brasil em três categorias, inclusive melhor elenco), Angel e Diga que Você Já me Esqueceu.

Também escreveu e dirigiu a peça Hermanas Son las Tetas, com temporada na SP Escola de Teatro em 2015, e codirigiu com Robson Catalunha a peça Entrevista com Phedra, de Miguel Arcanjo Prado, no Espaço dos Satyros em 2019, espetáculo vencedor do Prêmio Nelson Rodrigues. 

No cinema brasileiro, atuou em longas como Divã a Dois, Ressuscita-me, Apto420 e 30 Anos Blues, este último com estreia prevista para o segundo semestre de 2020.

Na TV brasileira, esteve nas séries Manual para se Defender de Aliens, Ninjas e Zumbis, da Warner, Toda Forma de Amor, do Canal Brasil, e Chuteira Preta, da Amazon Prime Video. 

 

CULTURA EM CASA

Assim como outros equipamentos, a SP Escola de Teatro criou uma programação especial na internet para oferecer ao seus seguidores. Assim, está disponível uma série de conteúdos multimídia, como vídeos de espetáculos e de palestras e bate-papos de nomes como as atrizes Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg e Denise Fraga, a monja Coen, a escritora Adélia Prado e o pastor Henrique Vieira, além de cursos gratuitos a distância.

O acervo ainda inclui filmes produzidos pela Escola Livre de Audiovisual (ELA) – iniciativa da Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap), gestora da SP Escola de Teatro – em parceria com instituições internacionais, com a Universidade das Artes de Estocolmo (Suécia).




Relacionadas:

Notícias | 13/ 08/ 2020

Festival comKids traz mostra de filmes grátis no digital

SAIBA MAIS

Notícias | 13/ 08/ 2020

Humorista Gregório Duvivier faz solo Sísifo no teatro digital

SAIBA MAIS

Notícias | 13/ 08/ 2020

Tijolo por Tijolo: Alcione lança novo disco e turnê digital em live

SAIBA MAIS

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign