EN | ES

“Espectros”

Publicado em: 27/05/2011

Quão atual um clássico de 1881 pode ser após 130 anos de sua estreia? A resposta pode ser encontrada na essência de “Espectros”, texto escrito por Henrik Ibsen e adaptado por Ingmar Bergman. Francisco Medeiros, coordenador do curso de Atuação da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, é o diretor da montagem, em cartaz no Teatro Sesc Anchieta, até 19 de junho.

 

Segundo Medeiros, o projeto surgiu com os atores Flavio Barollo e Patrícia Castilho, que gostam de trabalhar em clássicos. “Em uma viagem à Suécia, eles conheceram a Fundação Ingmar Bergman, e, assim que descobriram a adaptação de ‘Espectros’, compraram os direitos autorais na mesma hora”.

 

A trama de “Espectros” gira em torno da matriarca Helena, interpretada por Clara Carvalho. Oswald, seu filho, após passar muito tempo exilado pela mãe, volta para casa por um motivo maior: participar da cerimônia de inauguração de um orfanato em homenagem ao pai falecido. 

 

Com a chegada das outras personagens – o pastor Manders, amigo da família e responsável pelo gerenciamento do orfanato; Regine, a gananciosa empregada da família e seu pai alcoólatra, desencadeiam-se uma série de revelações e eventos inesperados entre mãe e filho. 

 

“Nesta adaptação, Bergman procurou humanizar os personagens, ou seja, fazer com que as contradições e os paradoxos se tornassem mais evidentes”, afirma Medeiros.

 

Segundo o diretor, vários assuntos são abordados por trás dos conflitos apresentados na peça. “O espetáculo levanta temas como: quanto os valores morais impostos pela sociedade aprisionam o ser humano? Qual o sentido da verdade e da mentira? Por que determinar a estabilidade como objetivo? O que as pessoas realmente sentem e o que elas apenas aparentam?

 

Medeiros explica que, por serem temas que sobrevivem ao tempo, a peça se mantém “viva” no século XXI, quase dois séculos depois de ter sido escrita. “Ainda é cedo para dizer com muita certeza, mas, até agora, tivemos uma resposta positiva. O público demonstrou entender a proposta e recebemos críticas muito favoráveis. Me sinto muito grato por fazer parte desse espetáculo”, finaliza.

 

 

Serviço

“Espectros”

Quando: sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 19h, até 19/06.

Onde: Teatro Sesc Anchieta

Sesc Consolação – Rua Dr. Vila Nova, 245 – Vila Buarque

Tel.: 3234-3000

Ingressos: R$ 32,00 (inteira); R$ 16,00 (usuários do Sesc, idosos, professores da rede pública e estudantes)  

À venda em todas as unidades do Sesc