Documentário ‘Cuba Libre’ mostra retorno de Phedra de Córdoba a Havana

Publicado em: 19/09/2014

O retorno da atriz e musa do Satyros, Phedra de Córdoba, a Havana, Cuba, depois de 53 anos, virou documentário. “Cuba libre”, de Evaldo Mocarzel, estreou nos cinemas ontem (18), no Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca.

 

 

O filme, premiado no Mix Brasil como melhor documentário, acompanha a transexual em seu regresso ao país onde nasceu, em 1938, como Rodolfo. Em busca do próprio passado, ela lembra dos entes queridos, todos já falecidos, e passa pelos lugares que marcaram sua infância e juventude, como o primeiro palco onde pisou e descobriu sua vocação.

 

“Cuba libre” também é para Phedra uma oportunidade de se confrontar com os fantasmas que assolaram sua vida em Cuba, superando todas as repressões e discriminações sofridas em um ambiente extremamente machista como o da ilha governada por Fidel Castro. “Mas sem perder a ternura jamais”.

 

“Será que eu sou essa imagem no espelho ou será que essa imagem é o meu verdadeiro eu?” é a pergunta feita por Phedra todas as vezes antes de entrar em cena. Afinal, sua maior personagem, criada com esforço e coragem, talvez seja ela mesma.

 

Acesse o site e confira o trailer oficial do filme.

Relacionadas:

Notícias | 03/ 11/ 2021

Danilo Dal Lago, artista egresso da SP, estreia peça que contrapõe escritor periférico e mercado editorial

SAIBA MAIS

Notícias | 28/ 10/ 2021

Maria Bonomi inaugura obra no Memorial da América Latina que homenageia vítimas da pandemia

SAIBA MAIS

Uncategorised | 01/ 10/ 2021

Festival Satyricine Bijou anuncia vencedores da mostra competitiva e homenageia a atriz e cineasta Helena Ignez

SAIBA MAIS