Compartilhando processos criativos

Publicado em: 09/09/2013

José Fernando de Azevedo, Fernando Neves, Márcio Meirelles, Hugo Possolo, Nelson Baskerville, Cibele Forjaz, Claudia Schapira, Carla Candiotto, Alexandra Golik, Sergio de Carvalho, Marcio Abreu, Marco Antônio Rodrigues, Jezebel de Carli, Zé Henrique de Paula, Felipe Hirsch, Roberto Alvim e Johana Albuquerque.

 

Todos esses nomes são de conceituados diretores da cena teatral brasileira. Todos eles estiveram reunidos em um único curso, oferecido de 14 de agosto até a última sexta-feira (6), pelo setor de Extensão Cultural da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, com coordenação de Rodolfo García Vázquez.

 

“Processos criativos de encenadores brasileiros” tinha a proposta de oferecer aos participantes o contato com 17 dos mais destacados encenadores brasileiros e discutir seus processos criativos, valendo-se de depoimentos pessoais, exemplificação com vídeos de espetáculos e debates com a plateia.

 

“O teatro brasileiro tem passado por um rico processo de transformação nas últimas duas décadas. A proliferação de grupos teatrais com estéticas diferenciadas e a continuidade de programas públicos de incentivo à produção teatral foram fundamentais neste processo, no qual os encenadores vem ocupando um papel fundamental”, observou o coordenador, ressaltando que o curso pretendia “lançar um olhar inédito sobre este momento único do teatro nacional”.

 

Em sua coluna deste mês, o psicanalista e dramaturgo Sergio Zlotnic, que participou do curso, escreveu sobre os encontros. Clique aqui para ler.

 

Confira as fotos de cada um dos encontros em um álbum de fotos em nosso facebook.

 

 

Texto: Felipe Del