Companhia Ausgang de Teatro investiga o poder da palavra em ‘Rapsódia muda’

Publicado em: 04/11/2014

Um percurso cênico sobre o poder da palavra na cidade em contraposição com seu esvaziamento em nós. Eis o conceito norteador da “Rapsódia muda”, peça da companhia Ausgang de Teatro encenada na casa dos artistas Maria Simões e Zebba Dal Farra, na Pompeia.

 

A encenação, que estreou em 2012, investiga as formas de controle da palavra, lançando questões como: será a língua pública? Falamos ou somos falados? Durante a peça, os cômodos da casa se transformam em palcos e estações percorridos por 20 espectadores.

 

Apresentado em casa, o espetáculo também reflete estes “tempos de transferência e dissolução do espaço público em espaço privado”, como diz o programa da obra. Como consequência deste fenômeno, por exemplo, vários espaços teatrais vêm sendo ameaçados de despejo por conta do avanço do mercado imobiliário.

 

Formam o elenco Maria Simões, Ametonyo Silva, Carolina Martins, Daniel Glaydson, Felisberto da Costa, Fernanda Audi, Lígia Borges, Luisa Vasconcellos e Zebba Dal Farra.

 

Serviço

“Rapsódia muda”

Quando:  Dias 7, 21, 28 e 19 de novembro, às 21h

Onde: Rua Barão do Bananal, 1407 – Pompeia (Metrô Vl. Madalena)

Tel.: (11) 99432-0136

Lotação: 20 pessoas

Ingresso: R$20 (é necessário reservar ingresso pelo e-mail rapsodiamuda@hotmail.com)