Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.
EN | ES

Colaboradora da SP Escola de Teatro, Lúcia Camargo é nomeada secretária-adjunta de Cultura

Publicado em: 19/10/2016

Lúcia Camargo | Foto: André Stefano 
 
A gestora cultural Lúcia Camargo tem mais uma grande conquista profissional para se orgulhar. No mês passado, ela foi convidada pelo secretário de Estado da Cultura, José Roberto Sadek, para trabalhar a seu lado como secretária-adjunta. 
 
Originalmente, na atual gestão do governador Geraldo Alckmin, Sadek atuava como adjunto, mas assumiu a pasta quando o então secretário Marcelo Mattos Araújo foi indicado à presidência do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) pelo ministro da Cultura do governo Temer, Marcelo Calero.
 
O convite a Lúcia foi uma consequência de seu extenso histórico profissional. Até integrar a equipe do governo paulista, ela trabalhou como coordenadora de Extensão Cultural na SP Escola de Teatro, cargo que assumiu em abril 2011. Na Escola, Lúcia foi responsável pelo estabelecimento de parcerias com outras instituições, bem como pela curadoria de uma intensa agenda de Cursos de Extensão abertos ao público.
 
Sua colaboração foi marcada por projetos de sucesso, como a inclusão das aulas de circo e do curso de dublagem — duas das atividades mais concorridas da Escola — e o Bate-Papo Online, que, semanalmente, coloca o público em conexão com grandes artistas brasileiros.
 
Os resultados de seu trabalho vêm de sua amplas experiência como gestora. Paranaense, Lúcia já foi secretária de Cultura de seu estado de origem, tendo, ainda, presidido a Fundação Cultural de Curitiba. No sudeste, foi diretora artística do Teatro Municipal de São Paulo, na capital paulista, e do Palácio das Artes, em Minas Gerais.
 
No ramo das Artes Cênicas, destacou-se pelos anos à frente da curadoria do Festival de Curitiba, tendo acompanhado a mostra desde seu início, quando era secretária municipal de Cultura. Em 1995, passou a participar da organização do evento e, ao lado de Celso Curi e Tânia Brandão, ajudou a dar dimensão nacional à programação.
 

A SP Escola de Teatro comemora o sucesso de Lúcia Camargo e agradece pela relevante colaboração com a Instituição com a certeza de que, a partir de agora, todos os equipamentos culturais do estado de São Paulo poderão contar com a sua visão estratégica e seu pensamento contemporâneo e arejado. 




Relacionadas:

Notícias | 18/ 08/ 2022

Cia. Repertório Rodriguiana homenageia Nelson Rodrigues com leitura de suas obras na sede Roosevelt da SP

SAIBA MAIS

Notícias | 18/ 08/ 2022

Concurso SP Drag Acuenda acontece nesta quinta, 18, na sede Roosevelt da SP!

SAIBA MAIS

Notícias | 18/ 08/ 2022

Festival de Curitiba lança rede social para divulgar trabalhos, oportunidades e conectar profissionais do setor cultural

SAIBA MAIS