Cia. do Latão examina cordialidade brasileira e a relação entre patrão e empregado em comédia

Publicado em: 22/07/2014

“O patrão cordial”, da Cia. do Latão, inicia temporada gratuita, amanhã (23), na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Inspirado na peça “O Senhor Puntila e seu criado Matti”, de Bertolt Brecht, e no livro “Raízes do Brasil”, de Sérgio Buarque de Holanda, o espetáculo tem dramaturgia e encenação de Sérgio de Carvalho.

 

A montagem, uma comédia sobre a cordialidade brasileira, explora a temática clássica da relação entre patrão e empregado, examinando a “dominação cordial” através da “ética de fundo emotivo” descrita por Sérgio Buarque de Holanda. O espetáculo fica em cartaz até 9 de agosto, com sessões de quarta a sábado, às 19h.

 

“O patrão cordial” (Foto: Divulgação)

 

A trama de “O patrão cordial” desnuda o relacionamento entre um fazendeiro do Vale do Paraíba, seu motorista, sua filha e outras personagens que fazem parte de seu universo profissional, revelando as mudanças de seu comportamento ao tratar com as pessoas.

 

No elenco, estão Adriana Mendonça, Álvaro Franco, Carlos Escher, Daniela Casteline, Helena Albergaria, Ney Piacentini, Ricardo Monastero e Rogério Bandeira. A direção musical e composição é de Martin Eikmeier, formador de Sonoplastia da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.

 

O trabalho, que estreou no ano passado, faz a companhia voltar ao universo temático de outras de suas criações, como “A comédia do trabalho”, de 2000, que retratava as relações de trabalho, e “Auto dos bons tratos”, de 2002, que investigava a dita “cordialidade” brasileira, retornando ao Brasil Colônia.

 

Serviço

Peça: “O patrão cordial”

Quando: Quarta a sábado, às 19h (até 9/8)

Onde: Oficina Cultural Oswald de Andrade

Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

Telefone:(11) 3222-2662/ 3221-4704

Duração: 100 minutos

Capacidade: 80 lugares

Grátis (retirar ingressos meia hora antes na recepção da Oficina Cultural)

  

Texto: Felipe Del