Chá e Cadernos discute o indivíduo no teatro ocidental

Publicado em: 27/06/2013

Na edição deste mês do evento Chá e Cadernos, que acontece nesta sexta-feira (28), às 19h, e é coordenado pelo diretor e dramaturgo Maurício Paroni de Castro na SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, o tema em debate será “A personalidade individual no teatro ocidental”.

“Em pauta, uma viagem até o ser humano medieval, que se manifestava por meio da oração, cujo nome já diz: oração, falação. Tudo o que era importante era para ser dito, falado, declamado, proclamado. Tudo em oferta à Igreja, a maior proprietária de terras e almas do ocidente. Isso fazia com que pudessem existir trabalhadores que servissem o senhor e o clero, ligados à terra, e não a si como indivíduos. Nos mosteiros e conventos, havia trabalho também, mas a personalidade era ligada à Deus e aos mandamentos. Eram trabalhadores que aprendiam a ler. Coisa perigosa. Podiam pensar”, adianta Paroni.

Segundo o diretor, o debate ainda pretende enveredar por questões como: “Qual era o instrumento maior que perpetuou aquela dominação (medieval) das mentes das pessoas por séculos a fio? Pode a sexualidade ou  a cultura sexual ser um instrumento de trabalho para o teatro? Em quais níveis operariam?”

Com entrada gratuita e aberto ao público, o encontro é um espaço de discussão informal, que acontece na Biblioteca da Sede Roosevelt da Escola. Compareçam!

Serviço
Encontro: Chá e Cadernos
Quando: Sexta-feira (28), às 19h
Onde: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt
Praça Roosevelt, 210 – Consolação
Tel.: (11) 3775-8600
Entrada gratuita e aberta ao público