Camilla Ferreira, atriz egressa da SP Escola de Teatro, é um dos destaques de “3%”

Publicado em: 05/08/2019

A atriz Camilla Ferreira começou a carreira artística em 2005; ela estudante da SP Escola de Teatro. Fotos: Divulgação

A terceira temporada da série brasileira “3%”, produzida pela Netflix, estreou em junho passado e trouxe novas rostos no elenco – entre eles, Camilla Ferreira. Intérprete da personagem Verônica, a atriz, egressa do curso de Atuação da SP Escola de Teatro, já soma quase 15 anos de carreira.

Na trama, que já foi a série de língua não-inglesa mais assistida nos Estados Unidos, Verônica participa de uma prova chamada Banquete, uma das etapas do Processo – uma seleção que é a única chance de ingressar no Maralto, lugar que abriga, com dignidade, 3% da população mundial.

Verônica precisa influenciar, na história, um outro candidato sem que ele saiba. “O meu desafio era o de conseguir transparecer a sagacidade e também a arrogância da personagem em sua construção de estratégias”, adianta Camilla Ferreira.

TRAJETÓRIA

A série 3%, no entanto, não é a primeira experiência da atriz no campo do audiovisual. “Em 2017, participei do curta-metragem ‘Primeiro Ato’, de Matheus Parizi; e em 2018, fui protagonista do curta-metragem ‘2017’, de Pryka

Almeida. Também já fiz participações em outras séries e filmes experimentais e tenho feito diversas campanhas publicitárias”, explica.

A partir das experiências, Ferreira aponta as diferenças entre os métodos de atuação para teatro e para cinema e TV. “Do ponto de vista da atriz, acredito que no teatro faz-se imersivamente o caminho emocional, lógico, físico e completo da personagem diante dos olhos de um público – e aquele é um encontro inédito e único sempre. Já no set, há a possibilidade do aperfeiçoamento a cada repetição de cena, a cada take, mas haverá sempre o anteparo de uma câmera e o público nunca olhará diretamente.”

Para ela – que começou a se preparar para a carreira de atriz em 2005, quando ingressou no projeto Teatro Vocacional – a passagem pela SP Escola de Teatro foi um marco na trajetória artística que trilha. “Encontrei ao longo do curso um espaço de experimentação, no qual foi possível me debruçar mais detidamente no desenvolvimento de ferramentas práticas essenciais ao trabalho de atriz, bem como vivenciar extensivamente as complexidades do trabalho coletivo”, diz.

Ferreira vê a troca com outros artistas como uma das etapas ricas da vivência que teve na Escola. “Desses encontros, surgem contatos que possibilitam algum tipo de acesso à área profissional. Aproximei-me de Dan Nakagawa (egresso que hoje é formador de Sonoplastia), por exemplo, por intermédio de um curso de Extensão Cultural que ele ministrou na escola há dois anos”, comenta ela. Hoje Camilla Ferreira faz parte do elenco de “O Aniversário de Jean Lucca”, espetáculo dirigido e escrito por Nakagawa.

A atriz também esteve com colegas da SP Escola de Teatro em outros projetos durante e após o curso de Atuação. Atualmente, ela e Leonardo de Sá, dramaturgo e ator egresso da Instituição, conduzem o Anfractus Projétil, um núcleo de pesquisa em linguagem performativa.

EM CARTAZ

Neste mês, Camilla Fereira atua nas novas temporadas dos espetáculos “O Aniversário de Jean Lucca” (de 17/8 a 8/9, sábados e domingos, às 20h, na Funarte) e “In Cômodos” (de 10/8 a 1º/9, sábados e domingos, às 16h, na Vila Maria Zélia).

Em setembro, ela estreia um espetáculo infantil dirigido por Alvise Camozzi a partir da adaptação de “O Tubarão que Queria Ser Gente”, do dramaturgo alemão Bertolt Brecht. Além disso, ela está em processo com um espetáculo dirigido por Lucelia Sérgio, que também é artista convidada na SP Escola de Teatro.




Relacionadas:

Notícias | 11/ 12/ 2019

Teatro da Vertigem e SP Escola de Teatro realizam 3º Seminário de Iluminação Cênica

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2019

SP Escola de Teatro participa da semana #SonhaOMundo, em Salto

SAIBA MAIS

Notícias | 06/ 12/ 2019

Estudantes da SP Escola de Teatro apresentam Mostra de Experimentos 2019.2

SAIBA MAIS

 

O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign