Aprendizes de Sonoplastia lançam videoclipe a partir de experimento do Módulo Amarelo

Publicado em: 06/03/2017

Videoclipe de “Pela Sombra” foi produzido a partir de um experimento do Módulo Amarelo.
 
Os aprendizes da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco costumam viver intensamente cada experimento que desenvolvem na instituição. Prova disso é a criação do videoclipe da música “Pela Sombra”, que foi produzido por Rodrigo Florentino e Rafael Thomazini, ambos do Curso Regular de Sonoplastia, a partir do experimento “Jona e Vito – Os Mlk da XV”, encenado no Módulo Amarelo, no 2º semestre de 2016. 
 
O experimento, que originou o Grupo Sete de Teatro, narra a saga de dois meninos que foram despejados para a construção de um empreendimento imobiliário, discutindo temas como a pichação em espaços públicos, a desapropriação de comunidades na periferia, as relações de amizade e o desaparecimento de moradores de rua.
 
Cena do experimento “Jona e Vito – Os Mlk da XV” apresentado por aprendizes do Núcleo 7, Módulo Amarelo. Foto: Andre Stefano
 
A luta desses amigos virou um rap com letra de Rafael Thomazini e Felipe Olegário. “Fiz uma oficina de Teatro Performativo no Satyros em 2015, quando conheci o Olegas. Logo bateu aquela compatibilidade. Fizemos uma canção com o tema da peça, e percebemos que nos dávamos muito bem musicalmente. Quando comecei a compor e produzir o clipe, sabia que precisava de alguém que jogasse toda a sua verdade nas rimas para dar o verdadeiro espírito do tema do experimento”, conta o aprendiz.
 
A ideia de transformar esse material em um vídeo surgiu depois que o Grupo Sete decidiu dar continuidade às pesquisas iniciadas no experimento. “O clipe tem uma pegada de vídeo de rap, mas não é exatamente isso.  A canção tem proposta de abreviar todo o enredo da peça. Encaixamos as cenas que mais dialogavam com a letra da música e fomos montando tudo”, explica Thomazini.
 
Com imagens feitas na sede Roosevelt da Escola e no Viga Espaço Cênico e trechos da gravação do experimento, o trabalho foi coproduzido e finalizado por Florentino, que teve sua primeira experiência audiovisual ao captar e editar vídeos em casamentos. “Como a música sempre foi presente na minha vida, fazer videoclipes foi algo que aconteceu naturalmente. Atualmente, no meu projeto de música autoral, o N0X3O, faço projeções durante as apresentações, com imagens captadas e manipuladas ao vivo”, comenta.
 
Cena do experimento “Jona e Vito – Os Mlk da XV” apresentado por aprendizes do Núcleo 7, Módulo Amarelo. Foto: Andre Stefano
 
A parceria entre Thomazini e Olegário continua. Eles pretendem lançar ainda nesse ano um EP com outras quatro ou cinco músicas. “A partir de ‘Pela sombra’ tivemos várias outras faíscas criativas e estamos levando o processo à frente. Não estipulamos uma regra ou rótulo em relação a estilo, nessa canção mesmo podemos ver a mistura de várias outras influências, gerando uma salada sonora”, antecipa.
 
A artista convidada Tatiana Boudakian assinou a direção e edição do vídeo. Também aparecem nas imagens os aprendizes Karoline Dantas, Luciano Fierro, Luciano Araki e Maurício Moreira, todos do Curso Regular de Humor.
 
 

 




Relacionadas:

Notícias | 21/ 01/ 2022

Agenda Cultural : As melhores dicas para o seu fim de semana

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 01/ 2022

Estudantes de humor da SP mergulham em curiosa e divertida experiência cênica audiovisual; confira!

SAIBA MAIS

Notícias | 21/ 01/ 2022

No mês da visibilidade trans, Coletiva Profanas, com o apoio do Satyros, promove espetáculo de transdramaturgia na casa de cultura do Butantã

SAIBA MAIS