Extensão Cultural / INSCRIçõES ABERTAS

O desenho da fala – O trabalho do ator em dramaturgias contemporâneas

Focada principalmente na palavra, na fala, a oficina visa instrumentalizar os participantes com técnicas para uma melhor performance da oralidade no teatro, possibilitando à nova geração ampliação de conhecimentos acerca da oralidade, do trato com a palavra e do poder da fala. Serão trabalhados textos de expoentes da dramaturgia contemporânea. Finalização da oficina com leitura dramática aberta ao publico.

Orientador: Marcos Damaceno

circle De 19 de julho a 8 de agosto de 2018
Segunda a sexta, das 14h às 18h; sábados, das 14h às 17h
Local: Sede Roosevelt. Praça Roosevelt, 210, República


INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

Marcos Damaceno é diretor e dramaturgo de Curitiba, formado pela Faculdade de Artes do Paraná. Idealizou e coordenou o Núcleo de Dramaturgia do SESI-PR. Criou, junto com a atriz Rosana Stavis, a Marcos Damaceno Companhia de Teatro, responsável por espetáculos como ‘Psicose 4h48’, de Sarah Kane, com mais de 300 apresentações por todo país e ‘Árvores Abatidas ou Para Luis Melo’, apresentado em mais de cem cidades e indicado aos principais prêmios do teatro brasileiro (Shell, APCA, Aplauso Brasil,…)

Público
A partir de 18 anos. Atores e atrizes, profissionais ou em formação. 35 vagas

Seleção
Preencher ficha de inscrição com dados, carta de interesse e breve currículo

Cronograma das inscrições:
Inscrições: 18 de junho a 12 de julho
Aprovados: 16 de julho
Matrícula online: 17 de julho


Cenografia e figurino – Jundiaí

Introduzir o aprendiz ao universo de cenografia e figurino teatral na cena contemporânea. O conteúdo será ministrado por meio de aulas práticas e teóricas. A partir do repertório individual de cada um e do conteúdo ministrado, visa-se instaurar o processo de criação de um experimento cenográfico.

Orientador: Carlos Eduardo Colabone

circle Dias 3, 4, 5, 17, 18, 19 de agosto
Sextas-feiras, das 19h às 22h; Sábados e domingos, das 9h às 12h
Local: UGC- Complexo Cultural Fepasa - Av. União dos Ferroviários, 1760, Centro, Jundiaí, SP


INSCREVA-SE AQUI Seta Seta

Carlos Eduardo Colabone é cenógrafo e figurinista, formado em Artes Plásticas pela FAAP. Destacam-se seus trabalhos em “Risco e Paixão”, de Fauzi Arap, direção de Francisco Medeiros, “Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues, direção de Eduardo Tolentino, “Don Juan Tenorio”, de Molière e “Teresinha”, estes dois últimos com direção de Roberto Mallet. Realizou trabalhos cenográficos para shows de Belchior, Regina Machado e Zezé Mota e figurinos para espetáculos de dança. Atuou também como carnavalesco para as agremiações Rosas de Ouro, águia de Ouro e X-9 Paulistana.

Público
A partir de 18 anos: profissionais da área de artes cênicas, cenógrafos, cenotécnicos, figurinistas, costureiros, designers de moda e produtores teatrais, residentes na cidade de Jundiaí e região. 25 vagas.

Seleção
Preencher ficha de inscrição com dados, carta de interesse e breve currículo.

Cronograma das inscrições:
Inscrições: de 26 de junho a 26 de julho
Aprovados: 30 de julho
Matrícula online: 1 de agosto


Atuação II: A Comicidade Física do Ator – Jundiaí

Este curso visa ampliar o repertório crítico e criativo do ator. Por meio do teatro do gesto, a oficina pretende provocar de modo que ele explore ainda mais seu vocabulário de gesto e se surpreenda comicamente. Serão abordados jogos e exercícios que contribuam com a criação individual e também coletiva.

Orientadora: Dani Biancardi

circle 6,13, 20 e 27 de agosto, 3 e 10 de setembro de 2018
Segundas - Das 18h às 22h
Local: UGC- Complexo Cultural Fepasa - Av. União dos Ferroviários, 1760, Centro, Jundiaí, SP


INSCREVA-SE AQUI Seta Seta

Dani Biancardi é atriz, comediante e diretora artística. Formada pelo Teatro-Escola Célia Helena, École Internacionale de Theâtre Jacques Lecoq (Paris) e Kiklos Teatro Scuola Internazionale (Itália), dedica-se à pesquisa do teatro cômico e gestual há 20 anos. Em 2000 estudou também na École du Cirque Les Noctambules (Paris). Neste mesmo período participou da Macnas Company, Cia. Irlandesa de Teatro. Como produtora em 2001, integrou a equipe de produção do Fringe Festival em Edimburgo-Escócia pelo Komedia Theatre. Estudou ainda com alguns dos melhores atores integrantes do grupo Thèâtre du Soleil e a atriz Denise Stoklos. Como curadora e gestora de projetos destacam-se importantes parcerias com Itau Cultural, Ação Educativa, APAA, Instituto Vivo e toda rede SESC. Foi a primeira brasileira convidada para a expedição da África do Sul e Lesotho pelo Projeto Palhaços Sem Fronteiras (EUA), como orientadora teatral e palhaça. Vencedora do Prêmio Claudia da Editora Abril por todo seu conjunto de ações artísticas e culturais. Como preparadora de elenco orientou grupos teatrais como Folias, Estável , Vertigem, Tablado de Arruar , Cia Matilde e também espetáculos como Mulheres Alteradas, Mulheres Superadas (de Maitena) e Aprendiz de Feiticeiro (de Goethe) , direção de Edu Figueiredo. Como preparadora de elenco destacam-se os atores Andre Bankoff, Luiza Tomé, Mel Lisboa, Daniele Valente, Catarina Abdala, Flavia Guedes, Julio Oliveira , Oscar Magrini e Leona Cavalli. Foi assistente de direção do espetáculo “Vendo Gritos e Palavras”, solo da atriz Denise Stoklos. Faz parte do elenco de um dos espetáculos da Cia São Jorge de Variedades viajando por mais de trinta cidades dentro e fora do Estado. É uma das formadoras do curso de Humor da SP Escola de Teatro desde 2010.

Público
A partir de 18 anos: profissionais da área de artes cênicas, atores, diretores de teatro e bailarinos da cidade de Jundiaí e região. 25 vagas.

Seleção
Preencher ficha de inscrição com dados, carta de interesse e breve currículo

Cronograma das inscrições:
Inscrições: de 29 de junho a 29 de julho
Aprovados: 1º de agosto
Matrícula online: 3 de agosto


O teatro brasileiro moderno através da dramaturgia

A oficina tem como objetivo traçar um painel do teatro brasileiro através da dramaturgia que foi criada a partir dos anos 30, e que marcou a história de nosso teatro pelas importantes encenações realizadas com estes textos nacionais, que refletem a realidade brasileira em seus diversos aspectos e períodos.

Orientador: Antonio Gilberto

circle De 24 a 31 de julho de 2018
Segunda a sexta – Das 10h às 13h, das 15h às 18h, sábado das 13h às 19h
Local: Sede Roosevelt. Praça Roosevelt, 210, República


INSCREVA-SE AQUI Seta Seta

Antonio Gilberto é diretor, produtor e pesquisador teatral. Formou-se em Artes Cências e Direção Teatral na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e em Psicologia na PUC/RS.
Estreou profissionalmente em 1984, na cidade do Rio de Janeiro, como assistente de direção de Domingos Oliveira no espetáculo “Irresistível Aventura”, produzido e protagonizado pela atriz Dina Sfat. Realizou a produção executiva da excursão nacional dos espetáculos “Irresistível Aventura”, “De Braços Abertos”, entre outros.
Idealizou e foi curador de vários ciclos de leituras e simpósios nacionais e internacionais sobre a vida e a obra de autores como Goethe, Schiller, Gogol, Dostoiévski, Tolstoi e Nelson Rodrigues. Dos espetáculos que dirigiu destacam-se: “Cabaret Valentin”, “Como Se Fosse a Chuva” (Prêmio IBEU de Melhor Diretor de 1997), “Credores”, “Werther”, “Um Brinde Ao Teatro”, “Federico García Lorca – Pequeno Poema Infinito”, “Contando Machado de Assis”, “Maria Stuart”, “A Esposa e a Noiva” e “Carta ao Pai”. Publicou, pela Coleção Aplauso da Imprensa Oficial de SP, as fotobiografias “Dina Sfat- Retratos de uma guerreira”, Ítalo Rossi, Isso é Tudo” (em parceria com Ester Jablonski) e “Ziembinski, Mestre do Palco”. Também foi publicado pela mesma Coleção o roteiro teatral, elaborado em parceria com o ator José Mauro Brant, “Federico García Lorca – Pequeno Poema Infinito”. Como gestor cultural trabalhou nas seguintes Instituições Públicas: Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro (Assessor de Artes Cênicas/ 2002) e na Funarte/Ministério da Cultura (Diretor do CEACEN – Centro de Artes Cênicas, períodos 2003 a 2006 e 2011 a 2014).

Público
Acima de 18 anos. Atores, diretores, dramaturgos, interessados em artes cênicas. 35 vagas

Seleção
Preencher ficha de inscrição com dados, carta de interesse e breve currículo

Cronograma das inscrições:
Inscrições: 5 a 18 de julho
Aprovados: 20 de julho
Matrícula online: 23 de julho





O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign