EN | ES

Leopoldina, Independência e Morte

Publicado em: 23/09/2022

“Dos medos nascem as coragens.
Os sonhos anunciam outra realidade possível, e os delírios, outra razão.”
Eduardo Galeano

 

O espetáculo “Leopoldina, Independência e Morte” recria três momentos da vida da arquiduquesa austríaca que viveu no Brasil no século XIX, entre 1817 e 1826: recém-chegada da Áustria, ela relata a uma interlocutora estrangeira suas primeiras impressões sobre o Brasil; num segundo momento, Leopoldina, agora imperatriz, e José Bonifácio, seu principal aliado, analisam o complexo processo de independência após um acerto de contas; e, por fim, num delírio que consumiu seus últimos dias, ela relaciona sua vida, sua época e os projetos em disputa naquele momento com os dias de hoje.

A obra é fruto de anos de pesquisa do autor e diretor, Marcos Damigo, e tem consultoria histórica do biógrafo de Leopoldina, o escritor e historiador Paulo Rezzutti (biógrafo também de D.Pedro I e II), de forma que todos os eventos mencionados foram retirados de documentos históricos e alguns trechos, inclusive, são palavras dos próprios personagens encontrados em cartas e outras publicações. A atriz Sara Antunes, que interpreta Leopoldina, está indicada ao prêmio APCA de melhor atriz por sua atuação em “Anjo de Pedra”, de Tennessee Williams, dirigida por Nelson Baskerville. Plínio Soares, que interpreta José Bonifácio, integra também o elenco da série sobre a independência criada por Luiz Fernando Carvalho para a TV Cultura com estreia prevista em setembro.

O espetáculo volta a São Paulo com mudanças importantes em relação à primeira e segunda temporadas na cidade, como inclusão de música ao vivo, executada por Ana Eliza Colomar, e redefinição do desenho de luz.

No palco do Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil. em São Paulo, com o auxílio luxuoso de Fernanda Moura e Renata Araújo, realizamos este ensaio exclusivo para a coluna.

 

Bob Sousa é fotógrafo, pesquisador e mestre em artes pela Unesp. É crítico de artes visuais/APCA e Prêmio Arcanjo de Cultura

 

FICHA TÉCNICA

texto e direção Marcos Damigo

elenco Sara Antunes e Plínio Soares  |  flauta e cello Ana Eliza Colomar

direção de produção Fernanda Moura

 

assistente de direção Laura Salerno  |  preparação de atores Lucas Brandão

trilha sonora Ana Eliza Colomar e Nivaldo Godoy Junior

cenário Renato Bolelli Rebouças  |  assistente de cenografia Amanda Vieira

figurinos Cássio Brasil  |  assistente de figurinos Daniela Tocci

desenho de luz Aline Santini  |  operação de luz Pâmola Cidrack e Pajeú Oliveira

contrarregra Ví Silva  |  camareira Elisa Galdino

 

consultor histórico Paulo Rezzutti

intérpretes de Libras Elaine Sampaio e Michele Alonso

audiodescrição Ver Com Palavras – Lívia Motta

 

artes visuais Pris Lo  |  design gráfico e vídeos Ramon Jardim

fotos divulgação Ariel Cavotti, Maíra Barillo e Victor Iemini

clipping e valoração de mídia Ferba – Priscila Basílio

comunicação Fervo – Fabiana Cardoso, Julia Ramos, Priscila Cotta e Ví Silva

 

produção executiva Renata Araújo |  assistente de produção Mari Souza

assessoria jurídica administrativa Mariana de Castro  |  contabilidade Julio Andrade

produção e administração Palimpsesto Produções Artísticas – Fernanda Moura

idealização Marcos Damigo

SERVIÇO:

Local: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
Período: 07 de setembro a 16 de outubro
Horário: 07/09, 17h e 08/09, 19h.
De 09/09 a 16/10 – Sextas-feiras, 19h | Sábados e domingos, 17h.
Ingressos: R$30 e R$15 – Pelo site bb.com.br/cultura ou na bilheteria do CCBB.