SP ESCOLA DE TEATRO
Español
English

notícias

 
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Tamanho da Letra
Publique/Compartilhe
17/05/2017

Marcelo Lazzaratto é o convidado do Bate-Papo Online desta quinta (18)

Marcelo Lazzaratto

Marcelo Lazzaratto

O ator e diretor Marcelo Lazzaratto participa, nesta quinta-feira (18), do Bate-Papo Online, no portal da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco. A conversa virtual acontece das 16h às 17h. Para participar, basta acessar www.spescoladeteatro.org.br/chat
 
Lazzaratto é ator e diretor, formado pelo Departamento de Artes Cênicas da ECA – USP e doutor em Interpretação e Direção Teatral do Departamento de Artes Cênicas da UNICAMP.
 
Em 2000 cria a Cia. Elevador de Teatro Panorâmico, na qual exerce a função de diretor artístico, tendo realizado, entre outros, os espetáculos: “A Ilha Desconhecida”, adaptação da obra de José Saramago, “Loucura”, compilação de textos a respeito do tema; “A hora em que não sabíamos nada uns dos outros”, de Peter Handke; o espetáculo processual “Amor de Improviso”; “Peça de Elevador”, de Cássio Pires indicada ao Prêmio Shell 2006 por Melhor Figurino; “Ponto Zero”, a partir da obra de Salinger, Kerouac e Godard, “Eu estava em minha casa e esperava que a chuva chegasse”, de Jean-Luc Lagarce, “Do Jeito que Você Gosta”, de William Shakespeare, indicada ao  Prêmio Shell – 2011 e “Ifigênia”, de Cássio Pires, adaptação do original de Eurípedes, indicada ao Prêmio Shell - 2012 como melhor iluminação e vencedora do Prêmio Myriam Muniz – Circulação 2013. Em 2014 “O Jardim das Cerejeiras”, de Anton Tchekhov indicada ao Prêmio Aplauso Brasil como Melhor Espetáculo de Grupo, Melhor Direção, Melhor Cenografia, Melhor Figurino, Melhor Ator Coadjuvante. Em 2016 “Sala dos Professores”, de Leonardo Cortez, contemplado pelo Proac peças inéditas, indicada aos Prêmios: Shell - melhor autor; Aplauso Brasil - melhor dramaturgia e melhor elenco; APCA - melhor autor e Qualidade Brasil - melhor direção, autor e ator. 
 
Também como diretor encenou, entre outras, “Um Conto Infinito”, de Cassio Pires; “Cartas Libanesas”, de José Eduardo Vendramini indicado ao Premio Shell 2016 e APCA de melhor autor; “Maldito Benfício”, de Leonardo Cortez indicada ao Premio Shell, 2015 de Melhor Autor e Melhor Cenografia e ao Premio APCA 2015; “Ricardo III”, de William Shakespeare, vencedora do Prêmio Shell 2014 por Melhor Ator e do Prêmio Aplauso Brasil 2013 por Melhor Trilha Original  e indicada a Melhor Atuação e Melhor Cenografia; “A Tempestade”, de William Shakespeare; “A Tragédia de Romeu e Julieta”, de William Shakespeare vencedora do Prémio Femsa 2010 de Melhor Produção; “Eldorado”, de Santiago Serrano, indicada ao Prêmio Shell 2009 de melhor ator; “O Homem a Besta e Virtude”, de Luigi Pirandello, indicada ao Prêmio Shell 2008 de melhor Cenário e Figurino; “A Entrevista”, de Samir Yazbek indicada ao Prêmio Shell 2005 de melhor atriz; “Esperando Godot”, de Samuel Beckett; “Chuva Pasmada”, adaptação de Cássio Pires da obra homônima de Mia Couto; “Terror e Miséria no 3º Reich”, de Bertolt Brecht, “Pai”, de Cristina Mutarelli, “O Rei dos Urubus” e “Rua do Medo”, de Leo Cortez; “Mal Necessário”, de Cássio Pires; “Enamorados”, adaptação de “Fragmentos de um Discurso Amoroso”, de Roland Barthes; “Noite de Reis” de William Shakespeare; “Comédia da Vaidade”, de Elias Canetti; “O Sonho”, de August Strindberg; “As Feiticeiras de Salém”, de Arthur Miller; “Intersecções: Peças Curtas de Harold Pinter”; e “A Morta”, de Oswald de Andrade. 
 
Durante dez anos integrou a Cia. Razões Inversas sob direção de Marcio Aurélio onde participou como ator, entre outros, dos espetáculos: “A Bilha Quebrada”, de Kleist, “Senhorita Else”, de Schnitzler, “Maligno Baal o Associal”, de Brecht e “A Arte de Comédia”, de Eduardo de Filippo. E agora em 2015, em “Filoctetes”, de Heiner Müller.
 
Como Iluminador: “Um Conto Infinito”; “Sala dos Professores”; “O Jardim das Cerejeiras”, “Cartas Libanesas”, “Ilhada em Mim”, “O Livro da Grande Desordem e da Infinita Coerência”, “Maldito Beneficio”, “O Belo Indiferente”, “Do Jeito que Você Gosta”, “Estranho Familiar”, “Tragicomédia de um Homem Misógino”, “Chuva Pasmada”, “Eldorado”, “Eu estava em minha casa e esperava que a chuva chegasse”, “Amor de Improviso”, “A Tragédia de Romeu e Julieta”, “O Homem, a Besta e a Virtude”, “A Entrevista”, entre outros.
 
Bate-Papo Online com Marcelo Lazzaratto
Quando: Quinta-feira (18), das 16h às 17h
 

Endereço e E-mails
SP Escola de Teatro
Centro de Formação das Artes do Palco
Sede Brás 
Avenida Rangel Pestana, 2401, Brás
03001-000 • São Paulo - SP
Tel: (11) 3121-3200
Sede Roosevelt 
Praça Roosevelt, 210 • Centro
01303-020 • São Paulo | SP
Tel: 11 3775.8600
info@spescoladeteatro.org.br
www.spescoladeteatro.org.br
Governo do Estado de São Paulo - Secretaria da Cultura
Licença Creative Commons Este trabalho foi licenciado com uma Licença | Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada | .
O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotográfos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.
Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.
Criação de Sites Sorocaba Qube Design