Visitas ao Cão

Publicado em: 26/06/2018

Foto: Divulgação

Escrito e estrelado por Gustavo Braunstein, “Visitas ao Cão” procura abrir uma discussão sobre as várias formas de manifestação da violência humana. O texto faz um paralelo entre os conflitos no Oriente Médio e a violência nas periferias brasileiras, olhando para as dimensões da violência e para a exploração midiática de conflitos regionais em um mundo globalizado.

A montagem dirigida por Pablo Callazans dos Reis busca inspiração nas rimas do rap da periferia e em rituais e orações em árabe, hebraico e português para unir as duas regiões, Brasil e Oriente Médio. O espetáculo é dividido em quatro atos – “Gêneses ou Evocação”, “11º Mandamento: Toque de Recolher”, “Vila Damasco” e “Profecia” – que, segundo o dramaturgo, podem ser interpretados como capítulos de um livro sagrado ou como quatro faixas de um álbum de rap.

Em 2017, “Visitas ao Cão” fez uma apresentação de pré-estreia no Festival Nacional de Teatro do Mindelo, em Cabo Verde, África. O ator Gustavo Braunstein é fundador dos grupos teatrais “Núcleo Tumulto! de Investigação Cência” e “Onironautas”.

Ficha Técnica:

Texto e atuação: Gustavo Braunstein | Direção: Pablo Callazans dos Reis | Iluminação: Fagner Lourenço | Produção: Jéssica Policastri.

circle

Onde: Sede Roosevelt. Praça Franklin Roosevelt 210, Consolação

Quando: Sex, sáb. e seg, às 21h; dom, às 19h. De 8/6 a 25/6

Quanto: R$ 30, R$ 15 (meia) e R$ 10 (aprendizes da SP Escola de Teatro) – à venda na bilheteria do teatro uma hora antes da apresentação.

Duração: 60 minutos

Classificação: 18 anos




O site da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco está sob licença Creative Commons. A cópia e a reprodução de seu conteúdo são autorizadas para uso não-comercial, desde que citado o devido crédito ao site, aos autores e fotógrafos. Não estão incluídas nessa licença obras de terceiros.

Para reprodução com outros fins, entre em contato com a Escola.

Assisdesign